O número de trabalhadores norte-americanos pedindo auxílio-desemprego subiu inesperadamente na última semana, mostrou um relatório nesta quinta-feira, elevando os temores sobre a estagnação do mercado de trabalho dos Estados Unidos.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego aumentaram 13 mil, para 472 mil, com ajuste sazonal, na semana terminada em 26 de junho, informou o Departamento do Trabalho.

Analistas ouvidos pela Reuters previam que o número de pedidos caísse para 452 mil, da quantia divulgada anteriormente de 457 mil, que foi revisada para 459 mil neste relatório.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]