Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Os economistas David Card, Joshua D Angrist e Guido W. Imbens receberam o Prêmio Nobel de Economia de 2021.
Os economistas David Card, Joshua D Angrist e Guido W. Imbens receberam o Prêmio Nobel de Economia de 2021.| Foto: Reprodução/Youtube

Os economistas David Card, Joshua D Angrist e Guido W. Imbens receberam o Prêmio Nobel de Economia de 2021 nesta segunda-feira (11) por "tirar conclusões de experimentos inesperados" e aplicá-los à análise do mercado de trabalho, informou a Academia Real das Ciências da Suécia. Os vencedores do Nobel de Economia deste ano "mostraram que muitas das grandes questões da sociedade podem ser respondidas. A solução deles é usar experimentos naturais, situações que surgem na vida real que se assemelham a experiências aleatórias", explicou a Academia.

Todos eles - o canadense Card, o americano Angrist e o germano-americano Imbens - "forneceram novos conhecimentos sobre o mercado de trabalho e mostraram quais conclusões sobre causa e efeito podem ser tiradas de experimentos naturais". "Sua abordagem se espalhou para outros campos e revolucionou a pesquisa empírica", disse a Academia. "Por meio de experimentos naturais, David Card analisou os efeitos do salário mínimo, da imigração e da educação no mercado de trabalho", afirmam os integrantes da instituição.

“A estrutura que desenvolveram foi amplamente adotada por pesquisadores que trabalham com dados observacionais. O trabalho dos economistas revolucionou a pesquisa empírica nas ciências sociais e aumentou significativamente a capacidade da comunidade de pesquisa de responder a questões de grande importância para todos nós”, afirmaram os membros da Academia Real das Ciências da Suécia ao anunciarem a premiação.

O prêmio de Economia é o último Nobel anunciado neste ano e será entregue, como os demais, no dia 10 de dezembro.

Quem são os vencedores do Prêmio Nobel de Economia de 2021

O professor David Card leciona economia na Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. Ele nasceu em 1956 na cidade de Guelph, localizada na província de Ontário, no Canadá. Seus interesses de pesquisa incluem imigração, salários, educação e diferenças relacionadas a gênero e raça no mercado de trabalho.

Joshua D. Angrist é professor de economia no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Nascido em 1960 em Columbus, Ohio, ele tem dupla cidadania americana e israelense, tendo lecionado também em Harvard e na Universidade Hebraica de Jerusalém. Os interesses de pesquisa de Angrist incluem a economia da educação e reforma escolar; programas sociais e mercado de trabalho; os efeitos da imigração, regulamentação do mercado de trabalho e instituições; e métodos econométricos para avaliação de programas e políticas. Ele é considerado um dos maiores economistas do mundo em estudos sobre a economia do trabalho, economia urbana e economia da educação.

O professor de economia Guido W. Imbens nasceu em 1963 na cidade de Eindhoven, na Holanda e atualmente leciona na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. Seu trabalho envolve pesquisas em econometria e estatística. Seu estudo se concentra no desenvolvimento de métodos para fazer inferências causais em análises observacionais, usando correspondência, variáveis ​​instrumentais e projetos de descontinuidade de regressão.

Quem são os vencedores do Prêmio Nobel 2021

Os jornalistas Maria Ressa, das Filipinas, e Dmitry Muratov, da Rússia, foram os laureados com o Prêmio Nobel da Paz deste ano, por sua "batalha corajosa pela liberdade de expressão, que é precondição para a democracia e a paz". O comitê do prêmio anunciou na sexta-feira que os dois representam todos os jornalistas que mantêm esse ideal "em um mundo em que a democracia e a liberdade enfrentam condições cada vez mais adversas".

O vencedor do Nobel de Literatura de 2021 foi o romancista nascido em Zanzibar Abdulrazak Gurnah, autor de diversas obras que tratam da questão dos refugiados e imigrantes.

O Nobel de Química deste ano foi para Benjamin List e David W. C. MacMillan, cientistas que desenvolveram uma ferramenta para a construção de moléculas que levou a avanços a indústria farmacêutica e à criação de compostos mais "verdes".

O Prêmio Nobel de Física foi anunciado na terça-feira, para Syukuro Manabe, Klaus Hasselmann e Giorgio Parisi. O Comitê disse que o trabalho deles é essencial para a compreensão das mudanças do clima na Terra e sobre como a humanidade influencia essas mudanças.

Na segunda-feira, o Prêmio Nobel de Medicina ou Fisiologia foi concedido a David Julius e Ardem Patapoutian, por seus estudos sobre como o corpo humano percebe calor e toque, que levaram ao desenvolvimento de analgésicos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]