O Procon-PR já está analisando dez processos contra as companhias aéreas. As reclamações são relativas aos atrasos que vêm acontecendo nos últimos dias no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região de Curitiba.

Desde a semana passada, quem se sentiu lesado por ter esperado por vôos atrasados no aeroporto puderam entrar em contato com o órgão pelo www.pr.gov.br/proconpr.

De acordo com a assessoria do Procon-PR, poderão entrar com processo os passageiros que tiveram que esperar mais de quatro horas e não tiverem atendimento das companhias aéreas, que são obrigadas por lei a reembolsar despesas extras após o limite de espera.

Para se iniciar o processo, o Procon-PR está recolhendo os documentos necessários das dez queixas registradas para mediar a ação com as companhias. Os passageiros devem guardar notas fiscais de eventual alimentação ou até de pernoite, a passagem e o ticket de embarque.

As reclamações também podem ser registradas na sede do Procon-PR, Alameda Cabral, 184, Centro, Curitiba, entre 9 e 17 horas, com a apresentação de todos os documentos relacionados à viagem, bem como RG, CPF e comprovante de residência. Os passageiros que tiverem prejuízos materiais ou morais estão sendo aconselhados a procurar a Justiça.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]