O juiz Luiz Roberto Ayoub, da 8ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio, responsável pelo processo de recuperação judicial da Varig, vai analisar nesta segunda-feira o edital de convocação do leilão da companhia, previsto para ser publicado terça-feira. A informação foi dada pelo diretor da consultoria Alvarez; Marsal, Marcelo Gomes.

O documento fixa as regras para o pregão, que foi antecipado do dia 9 de julho para 5 de junho. Mas Ayoub disse neste domingo que a data ainda pode ser alterada, dependendo da solução para questões como o aporte de capital de que a empresa necessita.

O leilão foi antecipado porque não houve qualificados para intermediar o empréstimo-ponte oferecido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) à empresa. E fracassaram as negociações junto a investidores em condições de injetar recursos na companhia.

Segundo Gomes, a antecipação do processo visa a dar mais confiança aos credores e até influenciar positivamente a Justiça dos Estados Unidos. Na próxima quarta-feira, a Corte de Nova York julga o pedido de arresto de aviões da empresa. Uma liminar dada pelo juiz Robert Drain, de Nova York, protege a Varig de arrestos até aquela data, mas pode não ser renovada. Ainda no dia 31 vence o acordo com a BR, responsável pelo fornecimento de combustíveis à Varig.

- Temos certeza de que a BR, a Infraero e outros credores vão sentar para negociar - afirmou Gomes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]