i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
PEC

Proposta de deputada do PSOL quer proibir bloqueios no orçamento da educação

  • PorGazeta do Povo
  • 29/07/2019 11:08
Proposta de Fernanda Melchionna pode acabar com contingenciamentos na Educação.
Proposta de Fernanda Melchionna pode acabar com contingenciamentos na Educação.| Foto: Câmara dos Deputados/ Banco de imagens

Contingenciamentos no orçamento da Educação do país, como o executado pelo MEC este ano, em 3,5% das verbas das universidades federais (30% dos recursos para custeio e manutenção), poderão ser proibidos no futuro, caso uma Proposta de Emenda à Constituição seja aprovada pelo Congresso Nacional Brasileiro. A PEC 96/19, criada pela deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS), determina a proibição do bloqueio de verbas federais para a manutenção do ensino.

Leia também: Cortes na Educação são péssimos. Mas narrativa do governo não é desprezível

A proposta, que será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, sugere que as verbas de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino "sejam fielmente cumpridas, sem qualquer corte ou contingenciamento posterior".

De acordo com a parlamentar, trata-se de uma tentativa de não permitir que os "já parcos recursos da Educação sejam ainda mais reduzidos, ferindo diretamente uma agenda de promoção do pensamento crítico e do desenvolvimento da sociedade"

Contra o que chama de "aniquilação do ensino do país", cometida pelo ministro da Educação Abraham Weintraub, Fernanda defende: "Sob a alegação infundada de que as Universidades fazem balbúrdia, entre outros argumentos ainda piores, foi anunciado o contingenciamento de 30% da verba para a UnB, UFF e UFBA", diz. "Ao ser alertado que tal ato administrativo com motivo ilegal e inconstitucional poderia levá-lo ao banco dos réus em razão de crime de responsabilidade, o Ministro acabou por estender a todo o Ensino Superior sua política de aniquilação do ensino, pesquisa e extensão de nosso país".

Leia também: 5 projetos ameaçados pelo bloqueio de verbas na educação

Tentativa

No dia 8 de junho, acolhendo ações populares, a Justiça Federal da Bahia publicou decisão que exigia que o MEC suspendesse o contingenciamento. A juíza Renata Almeida de Moura Isaac, da 7ª Vara Federal Cível da Bahia, em Salvador, ainda havia determinado uma multa de R$ 100 mil por dia, caso o ministério não cumprisse a ordem.

No episódio, chamou a atenção o fato de que a principal ação acolhida não foi do público baiano, mas de um grupo de estudantes da Universidade de Brasília.

Dias depois, a Advocacia-Geral da União (AGU) preparou um recurso para derrubar a ação da juíza e manter o bloqueio das verbas.

Em 13 de junho, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) anulou a decisão da Justiça da Bahia, mantendo o contingenciamento. Na época, o responsável pela ação, o desembargador federal Carlos Moreira Alves, defendeu a "impessoalidade na medida tomada pelo governo, necessária para a busca do equilíbrio fiscal e do aprimoramento da gestão dos recursos públicos, indispensável para o alcance da estabilidade econômica do país".

6 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 6 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    André

    ± 1 horas

    Ai, ai, como essa corja é entediante!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • M

      Marcos Ctba

      ± 2 horas

      Orçamento deve se remanejado conforme a necessidade e planejamento, se há situações de ser revista sem problemas ainda mais, quando tem casos de universidade que não se prestam a auditoria e gerenciamento corretos de recursos

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • G

        GUSTAVO_RJ_70

        ± 4 horas

        Tudo para a esquerda é pensado em função do "puder" , como falado no Nordeste. Não valem nada

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • N

          Neto

          ± 5 horas

          Para o PSOL onde deveria haver contingenciamento? Ou a solução seria imprimir dinheiro?

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • A

            Afonso Celso Frega Beraldi

            ± 5 horas

            Que sejam retirados recursos da Câmara, Senado e Judiciario para enfrentar a falta de recursos. Se ela quer guerra, comecemos entao pelo salario dela.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • C

              Carlos Indio do Brasil de Paula Neves.

              ± 5 horas

              A de****da não entende nada de economia, ou se entende está dando uma demonstração daquilo que a esquerda sempre planejou para o país, aliás a irresponsabilidade fiscal é uma marca indelével desse pessoal que tem por ideal político a Venezuela.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              Fim dos comentários.