i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ensino

MEC diz que matrícula para curso de Jornalismo na UFPR é irregular

Universidade manteve abertas as matrículas para os aprovados no curso no último vestibular, esperando que suspensão seja revogada até o próximo dia 28

  • PorAmanda Audi
  • 14/01/2014 14:49

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) decidiu manter abertas as matrículas para o curso de Jornalismo para os aprovados no último vestibular. A oferta das vagas, porém, foi classificada como "irregular" pelo Ministério da Educação (MEC) nesta terça-feira (14).

O problema, segundo a assessoria do MEC, é que a suspensão do vestibular para o curso só poderia ser revertida ao longo deste ano ou ainda em 2015, já que seria um processo demorado e que depende de novas visitas e de avaliação do curso. Portanto, os aprovados no último vestibular, de acordo com o MEC, devem optar pela graduação em outra instituição ou escolher outro curso dentro da UFPR.

As matrículas para os cursos da UFPR começam no próximo dia 28. A expectativa da universidade é de que a situação do curso de Jornalismo se reverta antes disso, já que está negociando a revogação da medida com as secretarias de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) e de Educação Superior (Sesu), ambas ligadas ao MEC. No entanto, conforme a assessoria do ministério, a medida cautelar que suspendeu o vestibular só deixaria de valer com as novas avaliações.

Em nota divulgada esta semana, a universidade disse que os aprovados podem "ficar tranquilos" porque "todas as medidas que estiverem ao alcance da universidade serão tomadas em favor dos novos alunos."

Suspensão

O vestibular para Jornalismo e Publicidade e Propaganda da UFPR foi suspenso pelo MEC em dezembro do ano passado, após os cursos terem ficado abaixo da média no Conceito Preliminar de Curso (CPC), parte integrante do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

O curso de Publicidade e Propaganda foi liberado a receber novos alunos depois de uma visita de avaliadores do ministério. A nota dos dois cursos ficou abaixo da média, mas com uma diferença: a tendência da nota de Jornalismo era de continuar caindo, ao contrário da do outro curso.

A UFPR culpa o boicote dos alunos às provas do Enade pela nota baixa, apesar o CPC ser formado também por outros componentes, como o desempenho do corpo docente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.