Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Gazeta do Povo -- Em relação à Copa do Mundo, como o Coritiba pretende se inserir na organização do torneio?

Vilson Ribeiro de Andrade -- Em primeiro lugar é preciso saber se vai existir a Copa em Curitiba. Para mim isso ainda é uma incógnita. Um estado que projeta um prejuízo, um furo de caixa de R$ 1,5 bilhão ? de acordo com a equipe de transição ?, não sei de onde vai tirar dinheiro para investir em um estádio privado. Conheço muito bem o novo governador, o Beto Richa, que é um homem corretíssimo, honesto. O que houve até agora foi um deslumbramento de um ex-governador [Orlando Pessuti, atual governado], que ficou aí 6 meses e está saindo. Temos um estádio com toda a capacidade para oferecer para treinamentos e amistosos de seleções. Temos ainda o projeto de modernização do centro de treinamento, que pode servir de base para hospedar seleções.

O senhor acha então que Curitiba ainda corre risco de não sediar a Copa? Ou o Coritiba tem um plano B para apresentar ao comitê organizador caso a Arena não se viabilize?

O Coritiba não tem nenhum plano B. Tem o seu estádio e a sua estrutura para disponibilizar. Para trazer a Copa para Curitiba tem de resolver esse problema, que é muito sério. Há uma proibição legal. Da forma que foi feito é um engodo. Na verdade vai ter dinheiro público em um estádio privado. Se, juridicamente, sanarem esse problema, a Copa virá. E quem irá pagar a Copa serão os contribuintes, coxa-branca, atleticano, paranista...

Mas o clube pensa em construir um novo estádio mesmo que não seja para o Mundial?

Um novo estádio custa R$ 250 milhões, com toda estrutura você não gasta menos de R$ 400 milhões. O Coritiba não tem condições financeiras. Sem investidor, não dá. É só ver que o Atlético não consegue pagar R$ 100 milhões. Isso é utopia, um sonho. Quem falar isso [em construção], está falando bobagem. Temos o projeto de melhoria do estádio e isso vamos continuar fazendo.

Até quando o Couto Pereira tem condição de ser a casa do Coritiba visto que é um estádio antigo?

O que o Couto Pereira precisa é manutenção, o que estamos fazendo. Neste ano investimos R$ 5 milhões no estádio. Não é moderno, é antigo, mas aconchegante. Oferece todas as condições ao torcedor. Pode servir o Coritiba por muitos e muitos anos.

Que melhorias o clube planeja para o estádio em 2011?

Queremos encadeirá-lo inteiramente, construir cabines de rádio e camarotes na [setor rua] Mauá. Com isso a gente fecha aquela curva e podemos fazer novos camarotes neste lado de cá [sociais].

Confira um vídeo com alguns dos melhores momentos:

Presidente Coritiba

+ VÍDEOS

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]