i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Polêmica

Advogado revela uso de sedativos em escândalo europeu

  • PorAgência Estado
  • 27/11/2009 17:10

A quadrilha internacional acusada de agir no grande escândalo de manipulação de resultados na Europa, revelado na sexta-feira passada pela polícia alemã, forneceu sedativos para equipes de médicos e cozinheiros de hotel com o objetivo de drogar jogadores acusados de participar de partidas arranjadas. A informação foi dada pelo advogado Burkhard Benecken, que defende um pessoa presa por ser acusada de participar do esquema que visa beneficiar apostadores.

Procuradores alemães que comandam a investigação acreditam que os integrantes da quadrilha usaram pressão e não hesitaram em "trancar pessoas em porões" ou "sedar jogadores", disse Benecken. "Segundo os procuradores, eles foram extremamente violentos", acrescentou o advogado, que revelou que um médico de um time da Eslovênia deu sedativos para os próprios jogadores da equipe, enquanto cozinheiros de hotéis de luxo forneceram drogas para prejudicar os atletas.

Benecken representa uma das 15 pessoas presas na Alemanha por envolvimento no escândalo revelado pela polícia alemã, que diz investigar 200 partidas suspeitas de manipulação, entre elas algumas válidas por fases preliminares da Liga dos Campeões, principal torneio do futebol europeu.

O cliente de Benecken, identificado apenas como Deniz C, é acusado de sequestro e fraude e suspeitasse que ele tenha arrecadado perto de 1 milhão de euros em apostas por meio de partidas manipuladas.

Além das 15 pessoas presas na Alemanha, outras duas foram detidas na Suíça. Os procuradores que cuidam do caso acreditam que a quadrilha agiu por meio de suborno de jogadores, treinadores, árbitros e dirigentes para manipular os jogos e beneficiar os apostadores.

Na última quarta-feira, a Uefa, entidade que controla o futebol europeu, promoveu uma reunião em sua sede, em Nyon, na Suíça, com a presença de dirigentes da entidade e de associações e ligas nacionais da Áustria, Bélgica, Bósnia, Croácia, Alemanha, Hungria, Eslovênia, Suíça e Turquia, países que têm clubes acusados de participar de partidas arranjadas.

A Uefa ainda chegou a divulgar uma lista de sete jogos supostamente envolvidos no escândalo de manipulação de resultados. A entidade informou que os seguintes cinco clubes de quatro diferentes países são suspeitos de estarem envolvidos nos tais jogos manipulados: Tirana e Vilaznia (Albânia), Dinaburg (Letônia), Llubljana (Eslovênia) e Honved (Hungria).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.