Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

O título da Copa São Paulo de Futebol Júnior ainda é inédito para o Coritiba. Eliminado na segunda fase da última edição, o Coxa nunca passou das semifinais da competição que reúne os principais talentos da base dos clubes do país.

Na Copa SP de 2006, o Alviverde paranaense pôs em campo alguns dos jovens atletas que, posteriormente, levariam o clube de volta à Série A do Brasileirão, como os meias Pedro Ken e Marlos e o atacante Keirrison. Em 2009, o time do técnico Pachequinho chega à Copinha com a missão de superar a eliminação precoce no Campeonato Brasileiro sub-20, onde caiu na primeira fase.

"São todos meninos de qualidade e com potencial. Eles vão enfrentar grandes adversários e precisam estar preparados. É um grupo que vai lutar bastante. Posso afirmar que a garra é uma das características desse grupo. O ponto forte do Coritiba em todos os campeonatos é que é uma equipe unida e batalhadora. Sempre demonstramos isso e agora não vai ser diferente. A preparação está na reta final. Fizemos tudo que deveria ter sido trabalhado no último mês. Agora é colocar na cabeça desses atletas que a Copa São Paulo é a principal competição do ano para eles", avisou o treinador.

Pachequinho tem uma explicação para o ritmo intenso de treinos. Ele até blindou os jogadores para evitar qualquer tipo de desatenção e não quer que ninguém dê entrevistas.

"Para alguns, será a primeira participação na Copa, e a ansiedade vai acabar quando a bola rolar. Eu acho que o ponto fraco, e isso cabe para todas as equipes, é que não se pode errar. É uma competição curta e é muito difícil se recuperar caso aconteça um resultado negativo", opinou.

Coordenador das categorias de base do Coritiba desde 2006, Sérgio Meggetto faz questão de ressaltar que, antes de ganhar o título, o clube pensa em formar bons jogadores para servir o time profissional do Alto da Glória.

"O Coritiba trabalha numa perspectiva mais longa, numa preparação dos jogadores para o profissional. Temos sempre atletas formados na casa para suprir as necessidades do departamento do esporte profissional. Nós temos esse trabalho e ele tem que ser mostrado de alguma forma. Na medida em que isso se concretiza, o Coritiba vai buscar o título", explicou.

O Coxa começa a competição baseado em São Bernardo do Campo e terá como rivais na primeira etapa a Ponte Preta, de Campinas, o Fluminense de Feira de Santana e o time da casa, o São Bernardo FC.

Jogos da primeira fase

05/01 - 16h - Coritiba x Ponte Preta - Baetão (São Bernardo dos Campos) 07/01 - 16h - Fluminense-BA x Coritiba - Baetão (São Bernardo dos Campos) 11/01 - 16h - São Bernardo x Coritiba - Baetão (São Bernardo dos Campos)

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]