003952

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Logotipo Futebol 2019
PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Athletico
  4. Após derrota, Athletico reclama do gramado do 1.º jogo da final e Toledo responde

Paranaense

Após derrota, Athletico reclama do gramado do 1.º jogo da final e Toledo responde

  • Moreno Valério
 | Marcio Pimentel / Jornal do Oeste
Marcio Pimentel / Jornal do Oeste
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Após a derrota para o Toledo por 1 a 0, na primeira partida da final do Campeonato Paranaense, neste domingo (14), jogadores e o técnico do time de aspirantes do Athletico , Rafael Guanaes,reclamaram do gramado do Estádio Municipal 14 de Dezembro, palco do jogo. A polêmica teve resposta oficial do clube do Oeste do estado.

A grama do estádio estava alta, o que diminuía a velocidades das jogadas. O goleiro Léo, que admitiu ter falhado no lance do gol do Porco, defendeu que o gramado prejudicou o desempenho ofensivo do time. “Campo não proporciona muito isso [criar oportunidades]. É irregular. Às vezes, pela televisão, não da pra ter noção, mas no campo a bola fica muito horrível e isso dificultou um pouco para a gente”, criticou o atleta, em entrevista à rádio Transamérica, na saída de campo.

>> TABELA PARANAENSE 2019: confira a classificação, resultados e próximos jogos

O treinador do Furacão, Rafael Guanaes, também falou sobre a situação do campo ao analisar a primeira partida da final. “Foi um jogo lento, gramado muito alto, tivemos dificuldade em deixar o jogo mais rápido. E por essa dificuldade, não conseguimos fazer o gol, apesar de três ou quatro chances claras que tivemos”, explicou Guanaes.

O Toledo rebateu as críticas por meio de sua conta oficial no Twitter. Mantendo a irreverência, o clube afirmou que “não dá para culpar a grama alta do estádio, quando na Arena se joga no sintético”.

Jogo da volta

Rafael Guanaes salientou que será mais difícil para o Toledo manter a forte marcação na partida de volta, na Arena da Baixada, no domingo (21), às 16h, justamente pelo gramado sintético permitir mais velocidade nas jogadas. “Lá [na Arena] a bola roda mais rápida, vai ser mais difícil eles criarem esse cenário. Vão ficar mais baixos, e como a bola é mais rápida, a chance de desequilíbrio é maior”, opinou.

Veja imagens do jogo:

Escreva ou cole aqui o seu script HTML

Confira o lance a lance e a ficha técnica de Toledo x Ceará

***

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>