Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Olimpíada de Tóquio, que aconteceria em 2020, foi adiada para o ano que vem, por causa da pandemia
Olimpíada de Tóquio, que aconteceria em 2020, foi adiada para o ano que vem, por causa da pandemia| Foto: Divulgação

O alemão Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), anunciou, nesta quarta-feira (11), que vai integrar a comitiva na viagem da próxima semana, entre os dias 15 e 18, para Tóquio, sede dos próximos Jogos Olímpicos no ano que vem.

Em sua primeira visita à capital japonesa, o dirigente vai aproveitar para discutir as medidas contra a covid-19 e a possível presença de público nas competições.

"Estamos totalmente comprometidos em organizar Jogos seguros. A Olimpíada vai acontecer em um ambiente seguro. Estamos cada vez mais confiantes de que teremos um número razoável de torcedores. Quantos e sob quais condições? Depende muito dos desenvolvimentos futuros", afirmou Bach.

Sem estabelecer um prazo para definir o número de espectadores nos Jogos, o dirigente ficou mais confiante com a possibilidade de ter fãs nas arquibancadas após a realização do evento amistoso de ginástica artística, com a presença de atletas do Japão, China, Estados Unidos e Rússia, quando foram testadas medidas de segurança para participantes e torcedores.

A comitiva do COI, em pequeno número, está em quarentena em Lausanne, na Suíça, onde fica a sede do COI. Bach adiantou que o cancelamento dos Jogos por causa da pandemia do coronavírus não será discutida. "Cancelar não está em discussão."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]