i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Carneiro Neto

Paraná na boa

  • Porcarneironeto@gazetadopovo.com.br
  • 16/03/2014 21:06

O Paraná conseguiu tirar proveito da fragilidade técnica do Atlético e saiu na frente rumo às semifinais. O jogo foi tecnicamente primário com elevada quantidade de passes errados e chances para a marcação de gols desperdiçadas, porém o Paraná se mostrou mais consistente no plano tático e com melhores valores individuais fazendo por merecer o triunfo que o deixou na boa rumo ao ambicionado título.

Lúcio Flávio recebeu um presentão do beque atleticano e não se fez de rogado: 1 a 0. Hernani empatou em tiro longo sem chance para Marcos; e Giancarlo confirmou a vitória cobrando pênalti. Mas quem brilhou mesmo foi Fernando Gabriel com um lance pitoresco que quase matou o goleiro Rodolfo e uma bola na trave no final da partida.

Alex 2 a 0

Que o atual time do Coritiba é tecnicamente limitado todos sabem, até mesmo o treinador Dado Cavalcanti disse que esperava encontrar material humano de melhor qualidade no Alto da Glória. Mesmo assim conta com o craque Alex para desequilibrar e ontem não foi diferente na tranqüila vitória sobre o Rio Branco, em Paranaguá.

Partida com futebol sofrível no plano geral, durante a qual até que o Rio Branco poderia ter mudado a história do placar não fosse a imperícia do seu atacante Fumaça que perdeu um gol incrível e, no segundo tempo, depois de driblar o goleiro Vanderlei fez lambança e desperdiçou nova chance. Alex fez um gol de cabeça e outro cobrando falta de forma magistral registrando mais uma jornada de gala em sua luminosa carreira.

Gigantes do interior

Na minha modesta opinião, o Campeonato Paranaense deveria dirigir-se aos clubes do interior, garantindo o calendário integral a todos e abrindo aos times da capital a opção de disputá-lo com as equipes reservas com jogos durante o ano inteiro. O título seria muito mais valorizado pela oportunidade real de um clube pequeno tornar-se campeão estadual, algo que não motiva mais os torcedores dos grandes de Curitiba envolvidos em competições nacionais e internacionais.

Mas, dentro do atual formato, Maringá e Londrina, dois gigantes do interior, largaram na frente o que não deixa de ser reconfortante para a garantia de grandes públicos na rodada de volta. Ambos venceram fora de casa em partidas bem disputadas, com destaque ao festival de gols marcados e perdidos em Prudentópolis. O time da casa foi derrotado, mas teve a chance de empatar no último instante quando o atacante Cabixi chutou por cima da trave mesmo estando dentro da pequena área diante da meta livre. Coisa de louco!

O J.Malucelli se esforçou e ameaçou o Londrina, mas não conseguiu evitar a derrota que começou com o golaço de Rone Dias. O time de Cláudio Tencati ganhou moral para embalar de vez no estádio do Café.

Dê sua opinião

O que você achou da coluna de hoje? Deixe seu comentário e participe do debate.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.