i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Emoção

Del Bosque exalta os 23 jogadores e diz que título prestigiou o espetáculo

Apesar de grandes atuações individuais da Fúria, técnico responsabiliza todos os atletas pela conquista inédita na África do Sul

  • PorGloboEsporte.com / Globo.com
  • 12/07/2010 07:21

Quando alguém lembrar da Espanha campeã mundial no futuro, certamente as imagens de Casillas fazendo grandes defesas, David Villa sendo o artilheiro, Xavi comandando o meio-campo ou Iniesta marcando o gol histórico na final serão as primeiras na memória. Mas o técnico Vicente del Bosque não quer isso: para o comandante do primeiro título da Fúria na Copa, todos os 23 jogadores são responsáveis e merecem reconhecimento.

Assim como o futebol jogado pela Espanha na África do Sul. Apesar de ser a campeã com pior média de gols da história do Mundial, a Fúria sempre buscou o ataque, foi a seleção que mais arriscou chutes e fez do toque de bola sua arma mortal. Para Del Bosque, a vitória sobre a Holanda foi um presente para quem gosta de espetáculo.

"Esta final prestigiou o futebol de qualidade, de ataque. Acho que o futebol segue em frente depois desta Copa, foi um torneio com grande êxito", disse o treinador.

Dos 23 convocados por Del Bosque, apenas três não entraram em campo na África do Sul: Raul Albiol e os goleiros reservas Victor Valdés e Pepe Reina, que viram o titular Iker Casillas brilhar e ser eleito o melhor da Copa na posição. Xavi, Iniesta e David Villa não conseguiram prêmios individuais (a Bola de Ouro ficou com Diego Forlán, enquanto Thomas Müller faturou a Chuteira de Ouro), mas foram fundamentais na conquista.

"Estamos juntos há 50 dias e não tivemos nenhum problema. São todos jogadores de grande prestígio, de grande nível, que se comportaram como time. É um êxito de todos. Não podemos individualizar a conquista em Andrés (Iniesta), Xavi... Todos são campeões", afirmou Del Bosque.

A Fúria passou para a história também como a primeira campeã com derrota na estreia: 1 a 0 para a Suíça. A equipe até jogou bem, mas não conseguiu marcar. Depois, se recuperou e venceu todos os jogos até a final com a Laranja no Soccer City, domingo.

"Nosso grande acerto foi ter mantido tudo que vínhamos fazendo. Depois da derrota conversamos e vimos que não deveríamos mudar nada. Fizemos uma eliminatória impecável e não poderíamos achar que estava tudo errado depois de um resultado negativo", concluiu o técnico, lembrando que a Fúria teve 100% de aproveitamento no torneio classificatório para o Mundial.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.