O dia não foi de comemoração para Portugal, por causa do corte do atacante Nani em virtude de uma lesão. Mas Pepe viveu a emoção de uma estréia ao disputar os 15 minutos finais da vitória por 3 a 0 sobre Moçambique, em amistoso nesta terça-feira, em Johannesburgo. O alagoano de nascimento celebrou a recuperação após sofrer uma cirurgia no joelho direito em dezembro do ano passado, a serviço do Real Madrid.

"Estava muito ansioso, tanto que o Cristiano Ronaldo pediu que eu tivesse calma. Foi como o primeiro jogo da minha vida. Foram quase seis meses de recuperação e empenho, mas valeu a pena. A vontade e o querer são as minhas armas", disse ele, que disputou seu 25º jogo por Portugal.

Pepe é zagueiro de origem, mas na seleção lusa concorre a uma vaga como primeiro volante. Seu principal concorrente é Pedro Mendes, do Sporting, mas o brasileiro naturalizado português garante que sua intenção é contribuir da melhor maneira possível.

"Espero que tudo corra bem na Copa. Estou pronto para ser titular, mas também à disposição para ajudar, nem que seja por um só minuto", destacou.

Agora recuperado, Pepe lamentou a saída de Pepe, que foi excluído da seleção por causa de uma lesão no ombro e será substituído por Ruben Amorim. O zagueiro afirmou que a baixa servirá de motivação para os portugueses no Mundial.

"Voltei num dia triste para nós jogadores. Agora vamos vencer para dedicar ao Nani".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]