i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Luto

Morre Lolô Cornelsen, arquiteto original do Pinheirão, Couto e campeão pelo Athletico

  • PorGazeta do Povo
  • 05/03/2020 11:27
Morre Lolô Cornelsen, arquiteto original do Pinheirão, Couto e campeão pelo Athletico
| Foto: Henry Milleo/Arquivo/Gazeta do Povo

Morreu o arquiteto Ayrton Cornelsen, aos 97 anos. Conhecido como Lolô, o curitibano foi jogador do Athletico e o arquiteto original de dois dos estádios da cidade: Pinheirão e Couto Pereira, do Coritiba.

O falecimento foi confirmado pela filha do arquiteto, Consuelo Cornelsen. O velório e enterro deverá ocorrer no Cemitério Luterano de Curitiba, no Alto da Glória, mas o horário de início da cerimônia ainda não está confirmado. Além dos filhos, Lolô também deixa a esposa Consuelo Cornelsen.

Engenheiro e arquiteto renomado, uma das principais figuras do modernismo brasileiro, Lolô foi lateral do Coritiba e, posteriormente, defendeu o Athletico, nos anos 40, campeão amador em 1943/44 e profissional em 45. Depois, afastado dos gramados, tornou-se torcedor ferrenho do Rubro-Negro.

Curiosamente, a história de Lolô também caminhou próxima do rival Coritiba fora de campo. Aryon Cornelsen, irmão de Lolô, foi presidente e figura histórica do Coxa. Ligação que fez com que Lolô criasse um projeto para o estádio para o clube, quando a casa alviverde ainda era chamada de Belfort Duarte, antes da mudança para Couto Pereira. No entanto, os planos foram modificados.

Projeto do estádio do Coritiba. Valterci Santos/Arquivo/Gazeta do Povo
Projeto do estádio do Coritiba. Valterci Santos/Arquivo/Gazeta do Povo| GAZETA

Lolô também foi o arquiteto original do Pinheirão. Entretanto, da mesma forma que ocorreu com o Couto Pereira, viu o projeto da praça esportiva da Federação Paranaense de Futebol (FPF) ser profundamente alterado com o tempo.

Projeto do estádio do Pinheirão. Valterci Santos/Arquivo/Gazeta do Povo
Projeto do estádio do Pinheirão. Valterci Santos/Arquivo/Gazeta do Povo| GAZETA

"Não teve forma, não teve estilo. Foi feito todo remendado. Cada diretor que aparecia modificava o estádio. Tenho de ficar dizendo sempre que não fui eu que fiz aquilo, apenas comecei. Tenho vergonha. Nunca pisei no Pinheirão", comentou Lolô, em entrevista em 2011.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.