As esperanças do Tottenham de avançar na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa foram atingidas pela perda do atacante inglês Jermain Defoe por cerca de três meses, depois da realização de uma cirurgia para reconstrução dos ligamentos do tornozelo direito.

A previsão inicial era de que Defoe ficasse seis semanas afastado dos gramados, mas o Tottenham mudou o prognóstico após a realização de novo exames. Assim, realizou uma operação no tornozelo direito do atacante na noite de quinta-feira. Sem o jogador, o clube inglês terá que optar entre Roman Pavlyuchenko, Peter Crouch e Robbie Keane para escalar o seu ataque nos jogos contra Inter de Milão, Werder Bremen e Twente.

Defoe se contundiu na vitória da Inglaterra por 3 a 1 sobre a Suíça, na terça-feira. E o Tottenham já havia perdido outro jogador por conta de uma lesão na seleção inglesa. Na última sexta-feira, o zagueiro Michael Dawson sofreu uma contusão no joelho esquerdo durante a vitória por 4 a 0 sobre a Bulgária e ficará oito semanas afastado dos gramados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]