| Mowa/ Press
| Foto: Mowa/ Press

A lista

Goleiros

Rafael Cabral (Napoli-ITA), Neto (Fiorentina-ITA) e Diego Alves (Valencia-ESP)

Zagueiros

David Luiz (PSG-FRA), Marquinhos (PSG-FRA), Thiago Silva (PSG-FRA) e Miranda (Atlético de Madrid-ESP)

Laterais

Mário Fernandes (CSKA-RUS), Alex Sandro (Porto-POR), Filipe Luís (Chelsea-ING) e Danilo (Porto-POR)

Meio-campistas

Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE), Rômulo (Spartak Moscou-RUS), Fernandinho (Manchester City-ING), Casemiro (Porto-POR), Oscar (Chelsea-ING), Roberto Firmino (Hoffenheim-ALE), Willian (Chelsea-ING) e Philippe Coutinho (Liverpool-ING)

Atacantes

Neymar (Barcelona-ESP), Luiz Adriano (Shakhtar-UCR), Douglas Costa (Shakhtar-UCR) e Lucas (PSG-FRA)

Dunga (foto) surpreendeu em sua última convocação na temporada de 2014. Ao anunciar ontem a lista de 23 jogadores que enfrentarão Turquia e Áustria, nos dias 12 e 18 de novembro, respectivamente, ele chamou apenas atletas que atuam no exterior. Declarou ter atendido ao apelo dos clubes brasileiros.

"Mantivemos contato com vários treinadores e dirigentes e concluímos que chegou o momento oportuno de dar espaço para outros jogadores", falou ele, que destacou sempre pensar no melhor para as equipes nacionais. O técnico considera que a ausência dos jogadores de times do país dificulta a manutenção de um padrão de jogo. Mas, mesmo assim, resolveu ceder.

"Temos de compreender e entrar com nossa parcela de sacrifício. Assim como nos primeiros quatro amistosos os clubes vieram ao encontro da seleção, agora chegou a nossa vez de ir ao encontro dos clubes", destacou.

Dentre os convocados, a grande novidade é o meia ofensivo Roberto Firmino, do Hoffenheim, da Alemanha. "É um jogador de ótima qualidade técnica, rápido, com ótima capacidade de fazer gols. Ele está jogando num futebol de forte marcação", enumerou Dunga. "Nós estamos priorizando a qualidade técnica".

Aos 23 anos, Firmino tem consciência de que é pouco conhecido. Quer fazer dos amistosos seu cartão de visitas. "Saí muito cedo do Brasil. Joguei muito pouco. É a chance que tenho para mostrar meu potencial em campo. Vestir a camisa da seleção... Não imaginava que pudesse acontecer. Era um sonho", disse o meia-atacante que defendeu o Figueirense antes de atravessar o oceano.

O meia-atacante Lucas, cotado para a Copa, mas que acabou ficando de fora do Mundial, foi convocado por Dunga pela primeira vez. Ele é um dos quatro jogadores do Paris Saint-Germain. Os outros três são os zagueiros David Luiz, Marquinhos e Thiago Silva, este capitão na última Copa. Dunga confirmou, porém, que Neymar continuará sendo o dono da braçadeira na equipe. "O Neymar é o capitão. Isso já está decidido", declarou o treinador ao site da CBF.

Já o atacante Luiz Adriano, do Shakhtar convenceu Dun­­ga ao marcar cinco gols no 7 a 0 de seu time sobre o BATE Borisov, pela Liga dos Campeões. "É difícil jogar num país que tem oito meses de neve e o cara está jogando lá há sete anos, um dos goleadores", considerou o técnico.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]