Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Os EUA conquistaram a terceira vitória no Pré-Olímpico de basquete masculino em Las Vegas. Desta vez a vítima foi o Canadá, atropelado pelos americanos pelo extenso placar de 113 a 63. O maior pontuador do jogo foi o ala Carmelo Anthony com 25 pontos.

Os dois maiores cestinhas da útlima temporada da NBA, Kobe Bryant e Carmelo exibiram jogadas exuberantes somando 20 pontos no primeiro quarto. Entretanto, três cestas de longa distância de Famutini encurtaram a diferença que chegara a 15 pontos e deram sobrevida ao Canadá. O período inicial terminou em 28 a 21 para os americanos.

Jogo decidido no segundo quarto

O mesmo canadense que irritou Nenê no jogo contra o Brasil, Mendez fez falta antidesportiva em Redd, com um tapão que provocou reação efusiva de Kobe. A partir daí, a artilharia americana entrou em ação com assistências de Kidd, bolas de três de Redd, e a continuação do show de Carmelo. Se no ataque os EUA acertavam de todas as maneiras com 19 pontos consecutivos, o trabalho de defesa no garrafão inutilizava o ímpeto ofensivo do adversário, que conseguiu encestar apenas duas vezes no período, além dos lances livres. A partida já estava decidida antes do intervalo: 65 a 34 para os EUA.

Daí para frente o técnico Mike Krzyzewski poupou algumas das estrelas para a partida deste domingo contra o Brasil, mas mesmo assim a equipe americana não pisou no freio. Sete jogadores marcaram mais de dez pontos na equipe, que teve mais que o dobro de aproveitamento nos arremessos de quadra do que o rival. Tayshaun Prince e Micheal Lloyd Miller ainda calibraram mais bolas de três pontos, em que os EUA converteram 15 em 30 tentativas.

A partida terminou sob gritos de "U-S-A" da torcida em Las Vegas, mais do que satisfeita com a bela apresentação da equipe da casa, que impôs uma diferença de 50 pontos no vizinho da América do Norte.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]