Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Falcão teve paralisia facial por estresse no Mundial

futsal

Falcão teve paralisia facial por estresse no Mundial

Jogador ficou tão preocupado em voltar a jogar após lesão na panturrilha, que chegou a ter problemas com o nervosismo

  • Folhapress
Após goleada de 16 a 0, jogadores do Panamá pediram para tirar foto com Falcão: jogador teve sequelas por estresse durante a Copa do Mundo de futsal |
Após goleada de 16 a 0, jogadores do Panamá pediram para tirar foto com Falcão: jogador teve sequelas por estresse durante a Copa do Mundo de futsal
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A vitória do Brasil por 16 a 0 sobre o Panamá, pelas oitavas de final da Copa do Mundo de futsal, marcou a volta do ala Falcão ao time.

Ele sofreu uma lesão na panturrilha esquerda na semana passada e quase foi cortado. Mas recuperou-se antes do previsto e admitiu que sofreu até com uma paralisia facial devido ao estresse para voltar a jogar.

"Estou feliz demais de ter tido a oportunidade de voltar. O teste tinha de ser hoje, trabalhei muito para estar aqui. Independente do gol, se fui bem ou mal, voltei para um campeonato que achava que não ia jogar mais. O mais importante é a confiança que readquiri, chegou a dar paralisia facial por causa do estresse, mas estou de volta e faço parte deste grupo", disse o jogador ao canal Sportv.

O trabalho de recuperação foi intenso. "O Falcão precisa de ritmo de jogo, não sentiu a contusão e fez bem o papel dele. O campeonato começa agora", afirmou o técnico Marcos Sorato.

Falcão começou mal, errando passes e demonstrando nervosismo. Depois, tentou finalização de letra, deu chapéu, provocou a expulsão de dois adversários e ainda marcou um gol no segundo tempo.Agora, o time brasileiro vai para Bangoc. Nas quartas de final, depois de amanhã, o adversário será a Argentina, que ganhou da Sérvia por 2 a 1.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE