O venezuelano Rigoberto Uzcátegui, um dos inspetores da Fifa, anunciou que o estádio Defensores del Chaco, em Assunção, cumpre todos os requisitos técnicos para sediar jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010.

Uzcátegui concluiu nesta quarta-feira uma inspeção a cinco estádios paraguaios motivada pela recente queda de parte das arquibancadas do Defensores, principal palco esportivo do país.

No último dia 1º, parte da estrutura de cimento no setor preferencial do estádio caiu aos 15 minutos da partida entre a Liga Santaniana e Liga Ovetense, válida por um torneio rural de futebol e que era acompanhada por cerca de 10 mil pessoas.

A estrutura de cimento de uma parte de uma das entradas de acesso, sobre a qual os policiais estavam, rachou. Dois policiais morreram e outros cinco ficaram feridos.

O árbitro suspendeu o jogo e o presidente da federação paraguaia, Juan Ángel Napout, anunciou o fechamento temporário do estádio para submetê-lo a uma perícia.

O local é palco dos jogos do Paraguai, atual líder das eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2010, e também recebe confrontos pela Libertadores e da Sul-Americana. O Defensores del Chaco foi remodelado há alguns anos para adequar suas instalações aos eventos internacionais.

O inspetor da Fifa disse que os estádios estão "ótimas condições", mas que devem ser feitas algumas reformas estruturais para garantir a segurança.

A inspeção incluiu também os estádios General Pablo Rojas, do Cerro Porteño; o Manuel Ferreira, do Olímpia; o Feliciano Cáceres, do Sportivo Luqueño, em Luque, perto de Assunção, e o Antonio Oddone Sarubbi, em Ciudad del Este, a 330 quilômetros da capital paraguaia, e de propriedade do 3 de Fevereiro.

O Paraguai deve voltar a usar o Defensores del Chaco dia 6 ou 7 de junho, quando enfrenta o Chile pela 13ª rodada das eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]