Campeão em 2009 pela Brawn GP, então estreante na F-1, Jenson Button teria seu maior desafio na carreira neste ano: enfrentar Lewis Hamilton na casa do adversário: a McLaren. O inglês, até agora, está tirando o desafio de letra: duas vitórias em quatro provas, liderança do campeonato e a superioridade dentro da equipe inglesa. O piloto está bastante animado com a temporada até agora.

"Ano passado foi incrível. A experiência de vencer seis corridas no começo do ano, lutar até o fim e vencer o campeonato no final foi especial. Neste ano, venci duas em quatro corridas. É o melhor momento da minha vida até agora, mas sei que não será um passeio nas próximas 15. Será diferente do ano passado, quando tínhamos um carro melhor nas três primeiras corridas", diz Button.

Antes da temporada, Button fez esforços para se entrosar rapidamente com sua nova equipe. E o trabalho parece ter dado certo: as duas vitórias foram conquistadas na tática, em um ótimo conjunto com a equipe inglesa.

"Fiz de tudo durante o inverno para conseguir entrosamento com meus engenheiros o mais rápido possível. Sabia que isto seria importante. Estamos aqui para lutar pelo campeonato. Mas para mim, antes de pensar nisso, tinha de me concentrar em fazer parte do time".

Button também elogiou o desempenho de Hamilton, seu companheiro. Segundo o campeão de 2009, o rival nunca desiste e sempre o incentiva para ser ainda melhor.

"É bom ter um companheiro de equipe competitivo. O cara nunca desiste, luta até o fim e é muito rápido. Adoro isso. Ele é um piloto sensacional".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]