Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Petraglia admite que o Atlético ainda não se acertou em 2016. | Alexandre Mazzo/Gazeta do Povo
Petraglia admite que o Atlético ainda não se acertou em 2016.| Foto: Alexandre Mazzo/Gazeta do Povo

O presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mario Celso Petraglia, criticou a própria equipe rubro-negra no final da tarde desta quarta-feira (23), em sua conta no Twitter.

Atlético levanta ginásio no CT do Caju com apoio da Fifa e sobras da Arena da Baixada

Leia a matéria completa

“As viúvas e derrotados desta vez têm razão”, escreveu Petraglia, referindo-se aos rubro-negros que votaram na chapa de oposição na eleição de dezembro do ano passado. Após vencer a disputa para o Deliberativo com 52% dos votos válidos, Petraglia indicou Luiz Sallim Emed para a presidência do Conselho Administrativo

“O Furacão ainda não acertou em 2016! Perder para reservas do Cruzeiro, PC [Paraná Clube] e CFC [Coritiba] nada justifica”, disparou, sobre as derrotas atleticanas para a equipe reserva do Cruzeiro, no Mineirão, na última rodada da fase de grupos da Primeira Liga; o revés por 1 a 0 para o Paraná, na Vila Capanema, pela 7.ª rodada do Estadual; e a derrota por 2 a 0 para o Coritiba, na Baixada, no último domingo (20), pela 10.ª rodada do Paranaense.

A derrota no clássico Atletiba, por sinal, desencadeou violento protesto dos torcedores atleticanos. Na terça-feira (22), antes do embarque da equipe para a partida contra o Flamengo, pela semifinal da Primeira Liga, os torcedores fizeram uma emboscada ao ônibus dos jogadores, que se dirigia para o Aeroporto Afonso Pena.

Na saída do CT e também na rodovia, carros interceptaram o ônibus do clube e os atletas foram ameaçados com foguetes, pedras e xingamentos. O clima hostil prosseguiu no aeroporto. A equipe não embarcou pelo saguão para fugir dos protestos, mas não escapou da ira dos rubro-negros. O presidente Sallim garantiu que pretende identificar e punir os torcedores que realizaram a emboscada.

O Furacão enfrenta o Flamengo em Juiz de Fora, nesta quarta-feira (23), às 21h30, pela Primeira Liga. Quem vencer joga a decisão do torneio.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]