i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Paranaense

Artilharia democrática serve de impulso ao líder Coritiba

Dono do melhor ataque do Estadual, com nove gols, Alviverde já balançou as redes com sete atletas. Poder de fogo é o trunfo, hoje, contra o Paranavaí

  • PorRobson Martins
  • 31/01/2012 21:04
O meio-campista Davi, com dois gols marcados diante do Iraty, é um dos líderes da artilharia do Coritiba na temporada | Antonio Costa/ Gazeta do Povo
O meio-campista Davi, com dois gols marcados diante do Iraty, é um dos líderes da artilharia do Coritiba na temporada| Foto: Antonio Costa/ Gazeta do Povo

Garçom

Lucas Mendes começou 2012 impressionando a torcida coxa. Zagueiro de origem, o lateral-esquerdo já deu duas assistências para os companheiros. Algo impensável em 2011 e fruto dos treinos neste início de ano. "Melhorou muito [a qualidade do cruzamento]", admite. "No ano passado eu não sei se eu cheguei a acertar algum. É trabalhar no dia a dia que você vai aperfeiçoando", reforça. Há 12 anos no Coxa e com 98 jogos como profissional, o atleta de 21 anos ainda consta como zagueiro no site oficial do clube. "Este ano o pessoal está falando mais do lateral. Isso é bom. Estou tentando me aperfeiçoar nesta função", disse.

Um ataque democrático, no qual todos têm o direito de balançar a rede. Esse é o perfil do Coritiba que enfrenta o Paranavaí, hoje, às 22 ho­­ras, no Estádio Waldemiro Wag­­ner, pela quarta rodada do Para­­na­­ense. Com 100% de aproveitamento nos três primeiros confrontos e há 36 jogos invicto no campeonato, o Alviverde tem sete atletas que fizeram gols em 2012, totalizando os nove tentos do ataque mais positivo do Regional. Um tormento pa­­ra o Verme­­lhinho.

No jogo desta noite, Pereira re­­torna à zaga e Jonas e Lincoln se­­rão poupados. Dos sete jogadores que já marcaram, apenas o último es­­tará fora da partida. Renan Oli­­veira (2), Davi (2), Ra­­finha, Mar­­­­cel, Emerson e Jack­­son completam a lista dos que comemora­ram em 2012. Uma pulverização da artilharia que já ocorria no ano passado, quando só no Es­­ta­­dual 14 atletas fizeram a festa da torcida.

Em comum nos dois anos, além da base da equipe, está Marcelo Oli­­veira. Um técnico que ressalta o quanto é positivo não depender de um homem-gol. "Às vezes um time tem a concentração dos gols em um ou outro jogador. Quando ele não pode jogar, a equipe torna-se mais fraca. [Os sete atletas que já fizeram gols] evidenciam que vá­­rios [jogadores] no sistema ofensivo estão aparecendo para finalizar. É assim que eu gosto, funciona bem", diz o comandante alviverde.

Mesmo ressaltando que não existe competição no grupo para quem vai ser o artilheiro, Marcelo Oliveira admite que o camisa 9, atualmente Marcel, não pode ficar em branco muitas partidas. "O cen­­troavante é importante, está mais próximo do gol, e pode servir também. Agora, ele não pode ficar muitos jogos sem fazer porque o torcedor cobra", alerta o treinador.

Uma cobrança com a qual o atle­­­­ta de 30 anos já está acostumado. "É normal. Quem joga aqui na frente tem essa responsabilidade de fazer os gols. Eu estou me pre­­pa­­rando cada vez mais para marcar quando tiver as oportunidades", disse Marcel, ontem, após ser o último jogador do Coxa a deixar o treinamento.

Enquanto isso, outros atletas que ainda não tiveram seus nomes gritados pelos narradores esportivos neste ano pleiteiam uma vaga na democracia coxa-branca. Um de­­­­les é o meia Tcheco. "Não sou mui­­to de fazer gol", admite o jogador, que será mantido pelo segundo jogo seguido no lugar de Júnior Urso. "Mas, de qualquer maneira, se eu tiver uma chance vou caprichar, porque está todo mundo fa­­zendo. Vamos ver se a gente sai na tela", brinca.

Do lado oposto aos artilheiros, outro que sofre gozação dos amigos por nunca ter ba­­lançado a rede como profissional é o lateral-es­­querdo Lu­­cas Mendes. Mas ele não de­­siste. "O Willian sempre brinca comigo que eu vou fazer 100 jogos e ainda não fiz um gol. Mas o im­­portante é o grupo es­­tar vencendo", argumenta. "Eu estou procurando fazer o meu. Está difícil, mas uma hora eu sei que vai sair", completa.

Ao vivo

Paranavaí x Coritiba, às 21h50, na RPC TV.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.