Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

Paranaense

Paulo Turra assume comando do Operário com ambiente pesado

Treinador foi anunciado no mesmo dia em que a diretoria pediu desculpa por ameaçar jornalistas após briga entre jogadores

  • Maria Gizeele da Silva
Paulo Turra chega ao comando do Operário na semana que o lateral Fabinho e o volante Jacio trocaram socos no treino |
Paulo Turra chega ao comando do Operário na semana que o lateral Fabinho e o volante Jacio trocaram socos no treino
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Paulo Turra assume comando do Operário com ambiente pesado

Paulo Turra é o novo técnico do Operário, de Ponta Grossa. E o treinador, que deixou o comando do Cianorte recentemente e que assume no lugar de Lio Evaristo, chega em uma semana com clima pesado no clube, com direito a briga de jogadores no treino.

A contratação de Turra foi confirmada pelo presidente da LA Sports, empresa parceira na gestão do clube, Luiz Alberto de Oliveira, em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira. Na partida contra o Atlético, segunda-feira, o Operário ainda será comandado interinamente pelo auxiliar técnico Paulo Foiani.

Apesar da má campanha do Cianorte neste Paranaense, Turra foi um dos destaques no comando do Leão do Vale na disputa de 2012. Naquela oportunidade, o Cianorte foi foi vice-campeã do Interior, o que valeu a vaga à Série D do Campeonato Paranaense. “Esperamos conseguir a Série D com ele”, afirma Oliveira.

O Operário está em sétimo lugar no primeiro turno, com 12 pontos, e enfrenta o Atlético, que está na nona posição, neste sábado (2).

Desculpa

Após a saída de Lio Evaristo na terça-feira, na quarta o lateral Fabinho e o volante Jacio trocaram socos durante o treino. Ao registrar a briga, os jornalistas Felipe Gustavo e Thiago Terada, do Jornal da Manhã, foram intimidados por um segurança e pelo diretor da LA Sports, Paulo Henrique Poitevin. O segurança ameaçou quebrar o equipamento fotográfico, equanto o cartola prometeu não deixar mais a dupla entrar nos treinos, caso as fotos não fossem apagadas.

Durante a entrevista coletivade apresentação do novo técnico, que também contou com o presidente do Operário, Laurival Pontarollo, Oliveira disse que a ameaça aos profissionais da imprensa foi um “mal-entendido”.

"Já passamos uma borracha por cima disso tudo”, disse o dirigente. Antes da coletiva, os dirigentes do Operário e da LA Sports passaram na redação do Jornal da Manhã para pedir desculpa pelo ocorrido.

O Fabinho e Jacio foram multados. Outras queixas de indisciplina por parte dos jogadores, conforme Oliveira, estão sendo acompanhados pela LA Sports. Ele reconhece que há um "clima de tensão" gerado pelos últimos resultados do time no Estadual. “Estamos até tentando preservá-los (os jogadores) um pouco. Todo ser humano é passível de erro, o que não pode é errar mais de uma vez”, comentou.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE