Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Wallison Maia lembra que a derrota para a Chape no primeiro turno foi um dos momentos mais difíceis do Coxa esse ano. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Wallison Maia lembra que a derrota para a Chape no primeiro turno foi um dos momentos mais difíceis do Coxa esse ano.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

O Coritiba visita a Chapeconese na manhã deste domingo (11), às 11 horas, na Arena Condá, vivendo sua melhor fase neste Brasileiro. Dos últimos cinco jogos, o Coxa venceu três e empatou dois, tendo deixado a zona de rebaixamento. Além disso, vem de um triunfo arrasador de 4 a 0 sobre o Grêmio.

Situação positiva oposta à vivida no duelo contra os catarinenses no primeiro turno. Na ocasião, o Coritiba perdeu por 4 a 3, na Vila Capanema — o gramado do Couto Pereira estava sendo reformado. Revés que sucedeu as decepções da perda do Estadual e da eliminação precoce na Copa do Brasil e que derrubou o técnico Gilson Kleina. Foi o ápice da crise alviverde na temporada.

FICHA TÉCNICA: confira as prováveis escalações de Chapecoense e Coritiba

TABELA: veja como está a classificação da Série A

“Foi um momento difícil. Até porque a perda do Estadual foi bem difícil para todos que vinham trabalhando aqui”, admite o zagueiro Walisson Maia, que deverá ganhar nova chance como titular improvisado na lateral direita. “A gente acabou perdendo em casa [para a Chapecoense] e teve a queda do treinador [Gilson Kleina] que era excelente. Todo mundo gostava bastante dele aqui. Mas hoje vivemos um momento oposto. São cinco jogos sem perder”, prossegue.

Sem ligar para improvisação, Walisson Maia segue titular do Coritiba na lateral

Leia a matéria completa

Agora, em caso de triunfo, o Coxa pode abrir até cinco pontos da área da degola. Recuperação que passa diretamente pelo trabalho do técnico Paulo César Carpegiani. Ele assumiu o time após a derrota fora de casa para o Vitória, pela 18.ª rodada, justamente o último revés coxa-branca na Série A.

PRÉVIA: confira os palpites para os jogos da 24ª rodada do Brasileiro

“Todo o elenco está assimilando bem o que o professor está pedindo, ele nos dá muita confiança”, diz o atacante Iago. “Temos um confronto direto com a Chapecoense. O principal ponto pra gente dar uma alavancada nesse returno é ganhar fora de casa”, complementa o atleta.

“O Carpegiani é um treinador vitorioso e o grupo abraçou a exigência dele”, corrobora Walisson Maia. “Com o Pachequinho a gente vinha jogando bem, mas não vinha ganhando. Com a chegada do Carpegiani vem dando certo, estamos seguros na defesa, equilibrados, e assim o ataque volta a marcar também”, finaliza.

A tendência é de que Carpegiani repita a equipe que venceu o Grêmio. O treinador conta com a volta de suspensão do volante Edinho, que deve ficar no banco, além dos meias González e Ruy, já liberados pelo departamento médico. O lateral Dodô e os atacantes Kléber e e Kazim, por outro lado, seguem de fora.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]