O lateral Arilton nem chegou a estrear pelo Tricolor e já deixou a Vila Capanema na “limpa” promovida pela diretoria. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
O lateral Arilton nem chegou a estrear pelo Tricolor e já deixou a Vila Capanema na “limpa” promovida pela diretoria.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Enquanto o ritmo de contratações do Paraná para a Série B segue intenso, a diretoria paranista, na tentativa de desinchar o elenco, começa aos poucos a acertar a saída de atletas que não interessam ao departamento de futebol.

O zagueiro Gustavo Eugênio, os laterais direitos Arilton e Adriano e o atacante Osmar, que compunham o grupo que disputou o Estadual deste ano, tiveram os contratos encerrados e já deixaram o Tricolor. Assim como o lateral-esquerdo Bruninho, que havia entrado em litígio com o clube e acertou transferência para o Boa Esporte, e o volante Ricardo Conceição, que entrou em acordo com a diretoria para deixar a Vila Capanema.

Outros atletas seguem com situação indefinida. O prata da casa Marcos Serrato, cujo vínculo se encerra em 31 de agosto, tem pré-contrato encaminhado com a Ponte Preta e treina em separado do elenco. O volante Ricardinho, outro com contrato até 31 de agosto, ainda não acertou renovação e também pode deixar o Paraná.

Há remanescentes que perderam espaço e aguardam uma definição de suas situações: são os casos do zagueiro Cleiton, do volante Marcos Paulo, do meia Lucas Sotero e do atacante Maiquinho.

Por outro lado, o Paraná acertou, na manhã desta terça-feira (12), a contratação do atacante Wanderson, ex-Ponte Preta, décimo reforço para a disputa. O zagueiro Léo Coelho, ex-Penapolense, e o atacante Fernando Viana, ex-Joinville, já treinam com o grupo e devem ser oficializados em breve.

Até o momento, desembarcaram na Vila Capanema os zagueiros Rodrigo e Zé Roberto, o lateral-direito Danilo Baia, o lateral-esquerdo Élbis, os volantes Washington e Éder, os meias Rafael Costa e Marcos Paraná e os atacantes Henrique e Wanderson.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]