Nada é tão ruim que não possa piorar. Que o diga o Botafogo. Depois do desastre na Argentina e da troca de treinador, o time foi massacrado pelo Goiás por 3 a 0, na tarde deste domingo, no Maracanã, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A estréia do técnico Mário Sérgio não poderia ser pior. Se não bastasse a atuação ridícula dos jogadores, os torcedores não perdoaram e pediram o retorno de Cuca. Não faltou nem o irônico grito de "olé" a cada toque na bola dos goianos.

Apesar do vexame, o Bota permanece na sétima posição, com 42 pontos. Porém, a sonhada vaga na Taça Libertadores fica cada vez mais longe. A chance de estancar a crise será na quarta-feira, contra o Atlético-PR, em Curitiba.

O importante resultado no Rio livra o Goiás da proximidade da área de rebaixamento. Com 37 pontos, o time esmeraldino termina a jornada na 10ª colocação. O próximo compromisso será na quarta, fora de casa, contra o Sport.

Tarde negra...

Sob vaias e gritos de protesto da torcida, o Botafogo iniciou o jogo mordido. E logo nos primeiros minutos desperdiçou boas chances. Primeiro, com Reinaldo e depois com Lucio Flavio. Nos dois chutes, Harlei fez a defesa no canto direito.

O goleiro do Goiás quase entregou um gol para Alex, pouco depois. Porém, deu sorte. Na primeira vez que foi ao ataque, o time visitante ameaçou com Paulo Baier. Roger salvou com o corpo.

Mas no ataque seguinte, o Goiás abriu o placar. Aos 22 minutos, Roger defendeu parcialmente chute de Vitor e Élson, de cabeça, aproveitou o rebote e empurrou a bola para o gol vazio.

O golpe prejudicou ainda mais o desesperado time alvinegro. Os minutos seguintes foram de xingamentos e passes errados dentro de campo. Não demorou para surgirem os gritos de "Cuca", que deixou o comando do time na sexta.

Expulsão destrói Botafogo...

Se o ritmo botafoguense na etapa inicial era lento, no segundo tempo piorou. O ataque de nervos atingiu Lucio Flavio. Ele deu um pontapé em Paulo Baier e foi expulso, aos dez minutos.

O Goiás, sem nada a ver com isso, tratou de ampliar a vantagem aos 17 minutos. Logo depois de entrar, Rinaldo chutou rasteiro e acertou o canto esquerdo.

A fase é tão ruim que Reinaldo, no momento seguinte, desperdiçou uma chance incrível ao finalizar no pé da trave. Aos 22 minutos, o Goiás enterrou as chances alvinegras. Paulo Baier cobrou falta, Roger rebateu mal e Ernando fez o terceiro.

Largado em campo e hostilizado pela própria torcida, o Botafogo ainda acertou o travessão. Mas deu até sorte de, em contragolpes do adversário, não ter saído do Maracanã ainda mais (se é que era possível) humilhado. No último minutos, Maurinho deu uma entrada dura em Leandro Guerreiro e foi expulso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]