Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Kobe Bryant fez história com a camisa do Los Angeles Lakers.
Kobe Bryant fez história com a camisa do Los Angeles Lakers.| Foto: Reprodução

O ex-jogador de basquete, Kobe Bryant, 41 anos, faleceu nesse domingo (26) em um acidente de helicóptero, na região de Los Angeles, nos Estados Unidos. No total nove pessoas morreram no acidente, segundo informações oficiais, incluindo uma das filhas do astro, Gianna, de 13 anos.

"Com grande tristeza, confirmamos a morte de Kobe Bryant em Calabasas. O helicóptero caiu numa região mais afastada, perto de Las Vírgenes, às 10 horas da manhã [local]", afirmou a prefeita da cidade de Calabasas, Alicia Weintraub, em comunicado oficial.

Outra vítima confirmada é o técnico de beisebol do colégio de Orange Coast, John Altobelli. As autoridades locais não divulgaram o nome dos demais que estavam no helicóptero - um deles era o piloto.

Bryant usava helicóptero com regularidade na Califórnia. Na manhã deste domingo, se deslocava para um centro de treinamento. O modelo em que o astro estava era um S-76 Sikorsky. As autoridades de aviação e segurança vão investigar o acidente.

Ídolo da NBA

Um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos defendendo o Los Angeles Lakers, Bryant foi campeão da NBA cinco vezes (2000, 2001, 2002, 2009 e 2010), sendo eleito o melhor jogador das finais, o MVP, nos dois últimos anos. Já em 2008 foi eleito o melhor jogador da temporada regular.

Kobe Bryant ainda tem na carreira duas medalhas de ouro olímpicas, em 2008 e 2012, além de ser o jogador mais jovem a jogar um All-Star Game, com 19 anos e 169 dias. Entre outros recordes históricos está os 81 pontos marcados em 2006, a segunda maior pontuação de um jogador na história, e o quarto maior pontuador de toda a história da NBA, coincidentemente superado no último sábado (25) por Lebron James.

Após 20 temporadas na NBA, Kobe tinha se aposentado em 2016, marcando 60 pontos no último jogo contra o Utah Jazz.

No total, usando as camisas 8 e 24, Kobe Bryant terminou com a impressionante marca de 33.643 pontos - quarta maior de todos os tempos, atrás apenas Kareem Abdul-Jabbar (38.387), Karl Malone (36.928) e LeBron James (33.655).

Jogadores e personalidades lamentam a perda

Diversos jogadores da NBA atual e do passado, além de estrelas de outros esportes, lamentaram a chocante morte de Bryant.

No Brasil, Marcelinho Huertas, ex-parceiro de Kobe Bryant no Los Angeles Lakers, disse ser "uma notícia devastadora não só para quem é fã de basquete, mas para o mundo inteiro". "Quando fiquei sabendo, esperei que fosse rumor de internet. Não tem muito o que falar. Desejo força à família. É uma perda muito grande", disse.

Huertas atuou nos Lakers nas duas últimas temporadas da carreira de Kobe. O brasileiro guarda boas memórias da convivência com a lenda do esporte. "O legado dele, felizmente, vai ficar para sempre. Foi uma honra dividir o vestiário com ele em seu ano de despedida. Vivenciei momentos maravilhosos", recordou.

Uma das grandes do basquete brasileiro, Hortência não escondeu a surpresa: "Que tragédia, meu Deus!" O mesmo fizeram jogadores da NBA atual, como Luka Doncic. "Isso não pode ser verdade", disse o esloveno, uma das estrelas da atual temporada.

Dono de diversos recordes na NBA, Kareem Abdul-Jabbar também lamentou a tragédia. "A maioria das pessoas se lembrará de Kobe como o atleta magnífico que inspirou uma geração. Sempre me lembrarei dele como um homem que era muito mais que um atleta."

O mesmo fez o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump: "Que notícia terrível!" Celebridades, como o ator Jamie Foxx, também se manifestaram sobre a morte do astro. "É difícil suportar isso. É uma dor para toda a vida. Sentiremos sua falta pela eternidade."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]