Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Morre aos 96 anos o primeiro ganhador do Belfort Duarte

Perda

Morre aos 96 anos o primeiro ganhador do Belfort Duarte

Tonico defendeu o Coritiba por 11 anos e conquistou cinco títulos estaduais

  • Gazeta do Povo
Tonico defendeu o Coritiba em 12 temporadas |
Tonico defendeu o Coritiba em 12 temporadas
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Morreu na terça-feira (7) Antônio Motta Espezim, o Tonico, ex-jogador do Coritiba. Tonico era centro-médio (posição próxima ao atual ala da direita) e é considerado um dos melhores jogadores da história do clube.

Tonico nasceu em Florianópolis, Santa Catarina, no dia 13 de fevereiro de 1914. Ainda criança, ele se mudou para Mafra, cidade na divisa com o Paraná. Lá, ele começou a carreira no Pery. Em 1940, chegou ao Coritiba, estreando na inauguração do estádio do Pacaembu, em São Paulo, quando Zequinha, defendendo o Coxa, fez o primeiro gol do local, mas o Palmeiras venceu por 6 a 2.

No Alviverde, Tonico alinhou por 12 temporadas até o fim da carreira em 1951. Pelo clube do Alto da Glória, conquistou cinco estaduais: 1941, 1942, 1946, 1947 e 1951. Ele era tido como marcador implacável pelo lado direito do campo e era um atleta extremamente disciplinado, sendo o primeiro premiado com o Belfort Duarte, em 1948. O Belfort Duarte era dado aos jogadores que não recebiam punição disciplinar por dez anos.

Tonico chegou a ser chamado para a seleção brasileira em 1942, mas nos treinos na cidade de Caxambu, em Minas Gerais, acabou sendo cortado por contusão.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE