As provas da manhã desta terça-feira (21)do Troféu José Finkel, realizado no Rio de Janeiro, registraram a quebra de três recordes sul-americanos. A disputa, no Parque Aquático Maria Lenk, é a última seletiva para o Mundial de Piscina Curta, que será realizado em dezembro, em Dubai.

As equipes de revezamento 4x50 metros livre do Pinheiros venceram as provas e quebraram recordes sul-americanos. O quarteto feminino, formado por Flávia Delaroli, Daiane Becker, Julyana Kury e Michelle Lenhardt, registrou o tempo de 1min40s08 e bateu um recorde que vigorava desde 2004.

No masculino, Bruno Fratus, Fernando Silva, Marcelo Chierighini e André Daudt representaram o Pinheiros e marcaram o tempo de 1min25s86. O recorde sul-americano desta prova durou apenas um dia, já que havia sido batido pela equipe do Flamengo, com César Cielo, na segunda-feira.

A prova feminina dos 200 metros peito foi vencida pela sueca Joline Hostman (2min21s67), do Pinheiros, com a argentina Augustina de Giovanni (2min26s17), da Unisanta, em segundo. A medalhista de prata bateu o próprio recorde sul-americano, que havia sido registrado nas eliminatórias.

Felipe França Silva (2min05s61) fez uma disputa acirrada com Tales Cerdeira (2m05s67), nos 200 metros peito e registrou o novo recorde do Troféu José Finkel. Eles serão os representantes do Brasil nesta prova no Mundial de Piscina Curta.

A surpresa da terça-feira foi Fabio Santi, que faturou a medalha de prata nos 200 metros costas e se classificou para o Mundial de Piscina Curta ao registrar o tempo de 1min53s59. O austríaco Markus Rogan (1min52s15), pelo Minas, venceu a prova, com recorde de campeonato.

Lucas Kanieski vai nadar os 1500 metros livre em Dubai. Ele fez o tempo de 14m49s40, melhorou seu índice para o Mundial e bateu um antigo recorde de campeonato, registrado por Luiz Lima em 1998.

O Corinthians dominou a prova dos 800 metros livre, com vitória da chilena Kristel Kobrich (8min22s99), seguida por Poliana Okimoto (8min27s77). Na versão feminina dos 200 metros costas, a húngara Evelyn Verraszto (2min07s68), do Fluminense, venceu e bateu o próprio recorde de campeonato.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]