Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Albari Rosa/ Gazeta do Povo
| Foto: Albari Rosa/ Gazeta do Povo

Raio X

O Sul-Americano Sub-20 começa em 23 de janeiro, no Peru e será disputado por dez seleções, em duas fases:

1ª fase

As dez equipes serão divididas em dois grupos de cinco. A disputa será todos contra todos de cada grupo. Os três melhores classificados de cada grupo seguem para a etapa seguinte.

Grupo A

Argentina, Chile, Peru, Uruguai, Venezuela.

Grupo B

Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Paraguai.

Fase final

Também disputada no sistema todos contra todos, entre as seis melhores equipes da primeira fase. O campeão será a seleção que somar mais pontos.

Os convocados de Ney

Goleiros: Aleksander (Avaí), Gabriel (Cruzeiro), Milton (Botafogo).

Zagueiros: Alan (Vitória), Bruno Uvini (São Paulo), Juan (Internacional), Romário (Internacional) e Saimon (Grêmio).

Laterais: Danilo (Santos), Galhardo (Flamengo), Alex Sandro (Santos) e Gabriel Silva (Palmeiras).

Meio-campistas: Alan Patrick (Santos), Lucas (São Paulo), Oscar (Internacional), Philippe Coutinho (Inter de Milão-ITA), Casimiro (São Paulo), Fernando (Grêmio), João Pedro (Palermo-ITA) e Zé Eduardo (Parma-ITA).

Atacantes: Diego Maurício (Flamengo), Henrique (Vitória), Lucas Gaúcho (São Paulo), Neymar (Santos) e William (Grêmio).

Com Neymar e Philipe Coutinho, começa hoje o projeto olímpico da seleção brasileira para os Jogos de 2012 e 2016 e o processo de renovação do time principal para a Copa de 2014. Às 10 horas desta manhã, 22 convocados para a seleção sub-20 se apresentam, no aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro, ao coordenador das seleções de base e técnico do Sub-20, Ney Franco. De lá, seguem para a Granja Comary, onde iniciam a preparação para a disputa do Campeonato Sul-Americano da categoria, a partir de 23 de janeiro, no Peru.

É o primeiro desafio de Ney Franco depois de levar o Coritiba de volta à Série A do Brasileirão e vale a vaga para os Jogos Olím­picos de Londres – única competição em que o futebol brasileiro ainda não subiu ao topo do pódio – e para o Mundial sub-20, na Colômbia.

Convidado pelo técnico Mano Menezes para os cargos, Ney Franco afirma levar para a CBF a experiência que teve no Coxa, de agosto de 2009 até o início deste mês – em que amargou a queda para a Série B e comemorou o retorno à Primeira Divisão.

"Isso principalmente em relação à formação do elenco deste ano, que tivemos de compor um time dentro de um orçamento reduzido. Quero implantar uma forma de jogar como foi o Coritiba, um time que jogou para frente. Espero levar para a seleção os números que conseguimos com o Coritiba."

Do Alviverde, Ney Franco levou também o técnico Mar­quinhos Santos, que comandará a seleção sub-15. Para o sub-17, contará com outro colega, o técnico Émerson Ávila, com quem trabalho no Cruzeiro-MG.

Apesar da tarefa de coordenar as três seleções, o foco, a partir de hoje, é o time sub-20. Nos primeiros dias na Granja Comary, os atletas passarão por avaliações físicas e, então, começam os treinos táticos. "Não será necessário trabalho físico porque todos os jogadores vêm bem de seus clubes", diz Ney. A exceção é o atacante da Inter de Milão Philipe Coutinho. "Ele está se recuperando de uma lesão e nosso departamento médico está em contato direto com a Inter. Ele teve se integrar ao grupo totalmente recuperado antes do início da competição."

O primeiro período de treinos cessará para os festejos de Natal e ano-novo. Na volta, Ney Franco terá mais três atletas no grupo: o zagueiro Juan e o meia Oscar, do Internacional, que estão na disputa do Mundial de Clubes, além do atacante Neymar, que ganhou 13 dias de férias, a pedido do Santos.

A seleção embarca para o Peru daqui a um mês, em 13 de janeiro. Até lá, Ney Franco terá de fazer cinco cortes na equipe (o grupo terá 20 atletas, por força do regulamento).

Na primeira fase da Sul-Americana, que começa em 23 de janeiro, o Brasil enfrentará Bolívia, Colômbia, Equador e Paraguai. "A Colômbia tem potencial para brigar pelo título. Não podemos desprezar o Paraguai, também com trabalho e equipe muito fortes. Depois de passar a primeira fase, encontraremos a escola argentina, a uruguaia; o Chile vem com jogadores muito técnicos. Realmente, vai ser uma competição muito difícil", avalia o técnico.

O Brasil chegará ao Peru em busca do tricampeonato consecutivo. O campeão e o vice asseguram vaga para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Os quatro primeiros garantem presença no Mundial sub-20, a ser disputado ente 29 de julho e 20 de agosto, na Colômbia. No Sul-Americano, a seleção brasileira estreia contra o Paraguai, no estádio Jorge Basadre, em Tacna.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]