Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | SSM/SAN/HO
| Foto: SSM/SAN/HO

Uma tarântula, espécie de aranha que pode chegar a 25 cm de comprimento, causou o atraso de um voo que faria o trajeto entre Baltimore e Atlanta, nos Estados Unidos, na noite de quarta-feira (23).

Ainda em solo, os carregadores de bagagem notaram que um aracnídeo havia desaparecido da caixa onde seria transportado. Imediatamente, o piloto ordenou que todos os passageiros abandonassem a aeronave.

Funcionários da Delta, a companhia responsável pelo voo, passaram a vasculhar o avião em busca da aranha (ou das aranhas) que teria escapado. O voo só foi retomado três horas depois.

Apesar do temor, o aracnídeo, que seria transportado no setor de cargas da aeronave, não chegou a ter acesso à cabine, segundo reportagem do jornal “Baltimore Times”.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]