i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ucrânia

Bombeiros trabalham para controlar incêndios na Zona de Exclusão de Chernobyl

  • PorGazeta do Povo
  • 12/04/2020 13:32
Incêndio na Zona de Exclusão de Chernobyl, Ucrânia, 10 de abril de 2020
Incêndio na Zona de Exclusão de Chernobyl, Ucrânia, 10 de abril de 2020| Foto: Volodymyr Shuvayev / AFP

Bombeiros estão trabalhando para controlar incêndios florestais que começaram há uma semana na região em torno do local do desastre nuclear de Chernobyl, na Ucrânia.

Na sexta-feira (10), o diretor dos serviços de emergência de Kiev, Andrei Vatolin, disse que a situação continuava tensa na região, e que mais 50 membros do serviço foram ao local para ajudar as equipes que trabalham para manter a situação sob controle. "Espero que com o esforço conjunto, esse infortúnio seja superado", disse Vatolin, segundo a agência russa Tass.

No total, cerca de 400 bombeiros, 100 caminhões e alguns helicópteros foram mobilizados para combater as chamas na região desabitada.

Após o desastre da usina nuclear de Chernobyl, ocorrido em 1986, autoridades criaram uma área de segurança ao redor da planta, chamada de "Zona de Exclusão". Apenas trabalhadores autorizados e turistas em visitas guiadas podem acessar a área, de cerca de 2.600 quilômetros quadrados.

Cientistas dizem que a fumaça que se move desde o local da antiga planta nuclear em direção a Kiev, capital ucraniana, não contém concentração perigosa de compostos radioativos, relatou o Kyiv Post.

O Centro de Segurança Nuclear e de Radioatividade da Ucrânia informou em comunicado, na sexta-feira, que a nuvem radioativa chegaria a Kiev na sexta ou no sábado, mas que ela não representa qualquer risco à saúde pública, já que a concentração de Césio-137 é muito baixa.

Pelo menos 3.000 hectares de florestas e matas foram queimados na zona de exclusão desde o início do incêndio. O nível de radiação aumentou no local do incêndios, mas autoridades dizem que os níveis estão normais em Kiev, onde vivem 3 milhões de pessoas.

No entanto, os ventos fortes no sábado poderiam espalhar as chamas para os restos da usina nuclear e os equipamentos que foram usados para limpeza após o desastre, alertou Kateryna Pavlova, diretora da agência que supervisiona a área. "No momento, não podemos dizer que o incêndio está controlado", disse Pavlova ao New York Times.

Na terça-feira (7), a polícia de Kiev anunciou que prendeu o suposto responsável pelo fogo, um homem de 27 anos que havia queimado lixo e grama seca na região.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • B

    Bernardo Coelho

    ± 0 minutos

    Cadê a greta

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso