Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Soldados norte-americanos foram confirmados como sendo os primeiros casos de infecção da gripe H1N1 no Kuweit, informou a agência de notícias estatal Kuna neste sábado, citando uma autoridade do governo.

A gripe H1N1, inicialmente conhecida como gripe suína, foi detectada em um número indefinido de soldados.

Alguns foram mantidos em quarentena em sua base militar para tratamento e outros deixaram o país, segundo a Kuna.

Estes são também os primeiros casos confirmados no Golfo Pérsico -o maior exportador de petróleo do mundo.

O Kuweit é uma das principais bases logísticas do Exército dos Estados Unidos para sustentar tropas no Iraque.

"Os soldados norte-americanos, cujos nomes e idades não foram revelados, foram examinados e receberam medicação apropriada", disse o sub-secretário da Saúde Ibrahim al-Abdulhadi à Kuna.

Autoridades da Saúde não estavam imediatamente disponíveis para comentar o caso.

O vírus H1N1 já infectou mais de 11 mil pessoas em 42 países, matando 86.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]