Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

A convite do ministro das Comunicações, Elon Musk veio ao Brasil para tratar da atuação da companhia de telecomunicações junto ao governo federal, no atendimento de escolas em áreas rurais e para o monitoramento ambiental da Amazônia. O uso da constelação de satélites de Musk para levar internet à região norte do país poderia conferir mais rapidez à conectividade, não necessariamente no que se trata da velocidade de conexão, mas na própria chegada do serviço. O bilionário sul-africano já havia anunciado, no ano passado, que tinha intenções de trazer a tecnologia para o Brasil. O presidente Jair Bolsonaro afirmou que as discussões ainda estão em fase inicial. No evento que ocorreu em um hotel no interior de São Paulo, Musk foi condecorado por Bolsonaro com uma medalha de honra ao mérito.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o bloqueio de bens e imóveis em nome do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ). O motivo é o descumprimento das medidas cautelares impostas pelo próprio ministro, como o uso de tornozeleira eletrônica, no âmbito da ação penal em que o parlamentar foi condenado no último dia 20 de abril. Apesar de o presidente Jair Bolsonaro (PL) ter concedido o perdão constitucional das penas conferidas ao parlamentar, Moraes cita uma decisão pessoal, proferida no último 3 de maio, em que considera que o benefício só será válido quando a Corte julgar quatro ações de partidos que contestam a decisão presidencial. Enquanto isso, ele decidiu prosseguir normalmente com os desdobramentos da ação penal.

As críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao sistema eleitoral do Brasil e ao Supremo Tribunal Federal (STF), em especial aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, não prejudicam a relação entre o chefe do Executivo e sua base no Congresso Nacional, segundo parlamentares de diferentes partidos que conversaram com a Gazeta do Povo. Mas grande parte de deputados e senadores, especialmente da base menos ideológica do governo, tem um sentimento oposto em relação às posições de Bolsonaro sobre ministros do STF e sobre as urnas eletrônicas. Por um lado, muitos parlamentares aliados acreditam que o Supremo tem avançado sobre competências dos outros poderes, e concordam com as críticas do presidente. Por outro, eles dizem confiar no sistema eleitoral que os elegeu. A análise dos deputados e senadores que falaram com a reportagem é a de que as declarações não fazem com que membros da base aliada considerem rejeitar o Palácio do Planalto.

A Rússia anunciou que tem um plano de reconstrução para os territórios da Ucrânia que foram afetados pelas ações militares e que estão sob o controle de suas tropas. O vice-primeiro-ministro russo disse que já foi criado um gabinete especial para tratar disso e acrescentou que especialistas já estão nesses territórios ucranianos para avaliar os trabalhos de reconstrução necessários. Ele também afirmou que um segundo pacote de medidas destinadas à recuperação econômica está a caminho.

A opinião de J. R. Guzzo, que analisa a privatização da Eletrobras e considera a desestatização uma vitória.

O Bom Gourmet mostra o segredo do pudim de leite. A receita original é uma flan de caramelo típico da França, mas a versão brasileira é o pudim de leite, feito com ovos, açúcar, leite e leite condensado. Assado em banho-maria no forno ou em panelas específicas, o pulo do gato para ter ou não ter furinhos é justamente esse processo. A chef ouvida pela reportagem garante que para ter furinhos, é preciso assar o pudim em temperaturas mais elevadas, perto de 150 graus. E para ficar liso, o forno deve atingir, no máximo, 110 graus. Com ou sem furinhos, jamais desenforme o pudim quente. As chances dele quebrar ao sair da forma sem estar totalmente resfriado são muito altas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]