i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coluna do leitor – 9/3/2018

Homeschooling 1

  • Porleitor@gazetadopovo.com.br
  • 09/03/2018 17:43

A fala de Gilmar Soares é completamente despropositada e sem nexo. Desde quando a escola é o único espaço para “socialização” e “confrontação de valores”? Isso não pode ocorrer, ou melhor, não ocorre em outros meios? O fato é que ele e o CNE se baseiam em um argumento fajuto, ultrapassado e que, pior, cerceia a liberdade individual (algo característico de ditaduras, tanto comunistas quanto militares, mas felizmente não vivemos em uma; ou vivemos?). Educar os filhos em casa é direito e, quanto aos pormenores, como avaliações etc., bastam determinações simples.

Jacob Galon

Homeschooling 2

A citação de Gilmar Soares deixa claro que a intenção por trás da oposição ao ensino domiciliar é apenas impedir que o estudo favoreça ou beneficie o indivíduo e que, na sua visão, a educação tem como objetivo doutrinar pessoas nos seus ideais (como justiça social). Triste.

Igor Seidl

Guerra comercial

Quando um país sobretaxa um produto estrangeiro, somente estimula que o fabricante local seja menos eficiente, ao custo de aumento de gasto dos cidadãos. O dinheiro extra, da sobretaxa, poderia estar sendo usado para comprar outras coisas, movimentar mais ainda a economia. O emprego que se perde de um lado se ganha do outro; a diferença é que, com a mesma quantia, o cidadão médio compra mais.

Rafael França de Souza

Universidade Federal de Lavras

Definitivamente, as universidades viraram terras de ditaduras. No fundo, acho que esses “professores” e “educadores” estão querendo que as universidades sejam privatizadas para se fazerem de vítimas, já que competência não conseguem demonstrar que têm. É muita idiotice insistir nisso que eles querem fazer: obrigar, alegando estar do lado das minorias. É muito cinismo. Como estão vendo a casa cair, querem se passar de perseguidos para ganhar algum apoio de algumas classes ou movimentos. Mas o que estão conseguindo é só a reprovação das comunidades.

Ricardo Antonio Fantini

Assédio sexual em espaço público

De que adianta aumentar penas se, com todas as progressões, até homicida fica livre com apenas seis anos de reclusão? Desperdício de tempo e dinheiro elaborando essas leis. Mais importante seria garantir que criminosos permanecessem reclusos para cumprir integralmente suas penas.

Marcello Machado e Dias

Voto impresso

O TSE não quer voto impresso alegando “risco à votação secreta” – é justamente o contrário: risco é a urna não poder ser auditável, e já chega daqueles que pouco conhecem sobre segurança da informação ficarem dando palpites, afirmando que as urnas eletrônicas são seguras. Talvez não saibam que é possível automatizar e informatizar a fraude sem deixar rastros, como no caso atual, em que as urnas não podem ser auditadas. Voto impresso já e para ontem!

Emerson Adam

Violência

Parabéns pelo artigo de Flávio Gordon “Nas baladas da vida”, pela honestidade e sinceridade das palavras. Estamos cansados desse falso moralismo enquanto inocentes são assassinados toda hora sem a mínima chance de se defender.

Luiz Aparecido de Carvalho

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    Fim dos comentários.