• 10/04/2020 14:00
  • Atualizado em 05/05/2020 às 19:45
Saúde

Mês a mês: como a dengue virou epidemia no Paraná

  • 10/04/2020 14:00
  • Atualizado em 05/05/2020 às 19:45
    • Gazeta do Povo
    Aedes Aegypti, o mosquito da dengue.
    Aedes Aegypti, o mosquito da dengue.| Foto: Pixabay

    O Paraná confirmou no mais recente boletim epidemiológico da dengue - levantamento realizado semanalmente entre agosto de um ano e julho do seguinte - mais de 157 mil casos no estado. Uma marca impressionantemente negativa. Até então, a maior epidemia da doença por essas bandas havia ocorrido em 2016, com 56 mil ocorrências, ou seja, praticamente um terço do caótico cenário atual. No começo de março, foi declarada oficialmente epidemia no Paraná. A explicação para o aumento colossal de pacientes é o aparecimento de um novo sorotipo da dengue [DENV2], até então inexistente no território paranaense, e para o qual a população ainda não tem imunização. Para ilustrar a evolução do problema, a Gazeta do Povo levantou os primeiros dados da doença em cada mês, desde o início do estudo, em agosto de 2019. Confira:

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.