i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Se impasse continuar

Frente parlamentar não descarta tirar rodovias estaduais do novo pedágio

  • 07/02/2021 19:00
Rodovias estaduais correm risco de ficar fora do novo pedágio no PR
Pedagio Foz do Iguaçu, 30/10/2019 – Foto: Geraldo Bubniak/AEN| Foto: Geraldo Bubniak / AEN

O governo federal quer que as novas concessionárias assumam o Anel de Integração, um conjunto de 3.327 km em rodovias federais e estaduais, até 27 de novembro, quando vencem as atuais concessões. Mas, esbarra na exiguidade dos prazos. Um dos principais nós a desatar nas audiências públicas que começaram a ser realizadas nesta semana envolve as rodovias estaduais.

Recebas as principais notícias do Paraná em seu celular

Dos 3.327 km que formam o novo Anel de Integração, 35% é formado por rodovias estaduais. Elas receberão 37% dos R$ 42 bilhões - o que corresponde a cerca de R$ 15,5 bilhões - que devem ser investidos ao longo de 30 anos. Cerca de metade desse valor deve ser aplicado nos sete primeiros anos da concessão. Elas também respondem por 18% das receitas que serão geradas com o pedágio.

Só que deputados da Assembleia Legislativa não querem que o leilão seja feito pelo modelo híbrido, em que está previsto o pagamento de uma outorga ao governo federal por parte do vencedor. Na quinta-feira, o presidente da Frente Parlamentar do Pedágio, Arilson Chiorato, lembrou que a delegação das rodovias estaduais à União depende da Assembleia Legislativa. “Estamos prontos para barrar a delegação ou, mesmo, aprovar o projeto de lei que obriga que as concessões no Paraná sejam pelo menor preço, caso eles se recusem a revisar o modelo.”

A União não abre mão do modelo híbrido. Duas são as justificativas da secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias do Ministério da Infraestrutura, Natália Marcassa: ele está sendo usado em outros processos de licitação e objetiva evitar que falte fôlego financeiro ao longo da concessão, garantindo os investimentos.

A opção defendida pelos parlamentares, da realização de um leilão pelo menor preço, não está entre as cartas do Ministério da Infraestrutura. “A empresa acaba não fazendo o que estava no edital e o usuário não acaba usufruindo da obra necessária”, explica.

O ministério trabalha, inclusive, com a possibilidade da retirada das rodovias estaduais do leilão. A exclusão da malha estadual reduziria em cerca de 10,8% a tarifa projetada, devido à menor necessidade de obras nas estradas federais.

A Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) manifesta preocupação em relação a esta situação. “Isto significaria desmontar um modelo, já que o Anel de Integração funciona como um sistema de rodovias”, diz João Arthur Mohr, gerente de assuntos estratégicos da entidade empresarial.

Um dos problemas apontados pela federação é a dificuldade na realização de novos investimentos por parte do governo estadual. “As empresas acabam perdendo competitividade”, afirma.

Um dos trechos em que isso seria mais evidente seria na ligação entre Maringá e Cascavel, onde parte das rodovias são estaduais. Ela faz parte do lote 5, onde estão previstos a duplicação de 249 km – um dos trechos é entre Cascavel e Campo Mourão -; a construção de sete passarelas; 73 obras de arte especiais e intersecções e 21 marginais. A maior parte das obras de ampliação seria feita entre o terceiro e o quinto ano da concessão.

18 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 18 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • O

    O Pragmático

    ± 17 horas

    Arilson Chiorato é do PT e, portanto, contra qualquer tipo de pedágio. Ir atrás do que esse cara fala é retrocesso e atraso para o Paraná. Nem sabemos ainda que valor mínimo de pedágio o governo federal está propondo e já somos contra? Isso é que é não saber negociar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • A

      Araucária

      ± 17 horas

      Eles querem isso, para poder justificar as montanhas de impostos, IPVA, cabides de emprego, aspones, DER, todo um ralo de dinheiro que existe....maquinas sucateadas, estradas esburacadas....superfaturamento, aditivos, obras inacabadas que se arrastam por décadas....todo aquele serviço de padrão de quinto mundo que só o serviço público brasileiro é capaz de prestar....

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • C

        CAIGANGUE

        ± 20 horas

        bom, se tem deputado envolvido só pode ter vigarice.... o famosos professor de furar pedágio agora quer ser o dono da renovação da concessão.... cada lixo....roubaneli

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • C

          CARLOS FELIX

          ± 21 horas

          Deputado neófito, já cooptado pelos lobistas, que não querem largar a mamata. O modelo hibrido proposto é a melhor solução. Principalmente porque acaba com o a ingerência de políticos achacadores .

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • A

            Afonso Celso Frega Beraldi

            ± 24 horas

            Cheira grana para deputados via concessionarias....

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • S

              salcutrim

              08/02/2021 13:32:30

              Os deputados estaduais querem um modelo fadado ao fracasso e o federal um que tambem aumenta o preço. Exigir seguro seria o ideal, como é nos EUA.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • D

                Do Interior

                08/02/2021 13:30:19

                Depende. Queremos um pedágio de 4 reais em pista simples ou de 8 reais em pista dupla? Lembre-se que SC é barato porque é só manutenção. Imagina quanto custa duplicar uma rodovia entre a indenização de terras e tal. Tem que ser discutido e explicado. Se for para duplicar tudo entendo que o preço é justo. O preço de agora que é um assalto. Agora, se vc pensar que reduzindo para quase metade o valor da tarifa e ainda vai ter duplicação, imagina quanto esse pessoal está ganhando nesse pedágio atual? Não podemos esquecer que Requião dispensou a duplicação no seu mandato mas os preços não reduziram na dispensa de investimento.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • S

                  salcutrim

                  08/02/2021 13:29:31

                  No final, nada vai mudar, o pedagio vai continuar caro e as empresas nao vao honrar os compromissos. Deveria ser feito de uma forma a contemplar a menor tarifa e a empresa pra participar do leilao teria que contratar seguro para as obras. Se nao arcar, a seguradora paga. Assim, a propria seguradora iria se encarregar de fazer com que as obras sejam feitas. Esse modelo que querem fazer, vai ser trocar seis por meia duzia e vamos continuar na mesma. Esse país nao sai do lugar nunca. Entra governo e sai governo e so mudam os nomes das coisas e nao a essencia delas. Triste esse nosso fim.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  1 Respostas
                  • R

                    ROBERTO ABREU DE AGUIAR

                    ± 22 horas

                    Completion Bond neles! Vários! Um por ano!

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                • D

                  Do Interior

                  08/02/2021 13:25:33

                  Mapa furado. Entre cascavel e pato branco não existe praça de pedágio. Será que é só esse erro?

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • L

                    LuizMG

                    08/02/2021 13:12:36

                    É cilada bino. Durante todos esses anos os Deputados não mostraram todo esse empenho , depois descobriu-se a razão. Corrupção, financiamento de campanhas etc., gerando aditivos, obras não feitas, pedágios caros etc etc. Agora querem alterar ou até retirar rodovias Estaduais. Para o bem dos Paranaenses não deve ser. É cilada.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • M

                      Marco Aurelio Borges

                      08/02/2021 12:32:18

                      O Estado não tem dinheiro para cuidar das poucas estradas estaduais, que são as que tem menor movimento, vivem cheias de buracos e mal cuidadas, agora vem nesse momento os Deputados aproveitadores jogar para torcida, ai depois sem dinheiro para nada vão nos deixar sofrendo com estradas horríveis.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • A

                        Anderson Vanderoscki

                        08/02/2021 12:09:30

                        As Pessoas parecem nao ler ou discutir o Projeto adequadamente. O Modelo hibrido já é para o menor valor tarifario respeitando o teto máximo, porém em caso de empate, a concessionária deverá então pagar a outorga a fim de garantir que há folego financeiro para que a concessionaria possa entao fazer as obras. O problema da concessao antiga era contrato, a cada governandor que alterava o contrato para baixar o pedagio, as obras eram retiradas do papel, ou alteradas por necessidade.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • R

                          Rodrigo Gomes

                          08/02/2021 9:09:48

                          O Paraná precisa duplicar suas estradas, senhores deputados. Não trabalhem contra o estado.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • A

                            Avlis Sotnas

                            08/02/2021 9:01:03

                            bolsonaro ferrando com o Paraná. q história é essa de q o governo federal não abre mão da outorga? vai ter q abrir mão sim. ou é pelo menor preço ou não tem mais pedágio. temos q invadir as praças de pedágio se enfiaram goela abaixo esse tal modelo híbrido.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • O

                              O Pragmático

                              08/02/2021 2:52:16

                              No modelo híbrido a tarifa teria um piso. De que valor estamos falando? O pessoal é contra sem discutir valores, sem negociar.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • F

                                Flávio Luís Pfeiffer Lora

                                08/02/2021 1:59:52

                                R$26,40 por um pedágio???? So pode ser roubo

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                1 Respostas
                                • O

                                  O Pragmático

                                  ± 17 horas

                                  O erro foi do edital que, no caso da BR277, deveria ter previsto duas praças e não uma só. Já em Jataizinho, as forças políticas locais poderiam ter deslocado a praça de pedágio para depois do acesso para a PR090 (para quem vem de Ibiporã). Mas ninguém se mexe antrs do leilão. Deixam o problema aparecer para depois ficarem fazendo politicagem para ganhar votos com discurso.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                              Fim dos comentários.