• 04/12/2019 20:19
Prisão

Alcolumbre espera que Senado cumpra acordo para segunda instância e critica “rebeldes”

  • 04/12/2019 20:19
  • Brasília
Davi Alcolumbre preside sessão do Senado em 04/12/2019
Davi Alcolumbre preside sessão do Senado em 04/12/2019| Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) criticou a decisão da senadora Simone Tebet (MDB-MS) de pautar para a próxima semana a votação, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da casa, de um projeto de lei que determina a prisão dos condenados em segunda instância. Segundo o senador, houve acordo entre membros da Câmara e do Senado para dar prioridade à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) sob análise dos deputados. “Por ampla maioria estabelecemos uma definição para o procedimento. Há, ou havia, um entendimento para se buscar a conciliação”, disse Alcolumbre, em entrevista coletiva na noite de quarta-feira (4).

A ideia de pautar outro projeto surgiu após mobilização de um grupo de 43 senadores, que entregou um manifesto pedindo a tramitação na CCJ. Alcolumbre disse que a decisão do acordo foi firmada pelos líderes e ironizou o outro conjunto: “Os liderados têm que tentar substituir os líderes no ano que vem, porque nesse ano não dá mais”.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.