• 21/01/2021 21:54
Imunização

Anvisa se reúne com representantes da vacina russa Sputinik V

  • 21/01/2021 21:54
  • PorGazeta do Povo
    covid
    A vacina Sputnik V já teve o uso emergencial aprovado em outros países como Argentina, Bolívia, Argélia, Sérvia e Palestina.| Foto: Esteban Collazo/AFP

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reuniu nesta quinta-feira (21) com representantes da União Química, laboratório brasileiro que participa do consórcio envolvido na produção da vacina Sputinik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia.

    De acordo com a Agência, o objetivo foi acompanhar e trocar informações com o laboratório sobre o desenvolvimento do imunizante. Segundo a Anvisa, o grupo à frente da vacina russa ainda não entrou com o pedido de autorização emergencial. As organizações participantes do consórcio já divulgaram a intenção de entrar com a solicitação, o que abriria a possibilidade real de uma terceira vacina ser oferecida no Brasil.

    A Anvisa informou também que a União Química ainda não apresentou novos documentos. No domingo (17), a agência havia recusado o envio de material do consórcio apontando a insuficiência do cumprimento de requisitos. Uma nova reunião deverá ser marcada entre a agência reguladora e os representantes da vacina russa para avançar na discussão sobre o pedido de autorização para uso em caráter emergencial no Brasil, mas sem previsão de data. Com informações da Agência Brasil.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.