• 29/10/2020 20:47
No Maranhão

Bolsonaro diz que irá acabar com o comunismo no Brasil: “somos a liberdade”

  • 29/10/2020 20:47
  • PorEstadão Conteúdo
    jair-bolsonaro
    Na terça-feira (27), Jair Bolsonaro disse a apoiadores que era preciso “tirar o PCdoB” do Maranhão.| Foto: Presidência da República

    Em um recado indireto ao governador do Maranhão, Flávio Dino, do (PCdoB), o presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar nesta quinta-feira (29), que "em um curto espaço de tempo" irá "mandar embora o comunismo do Brasil". A crítica ao Executivo estadual, feita durante evento em Imperatriz (MA), vem após declarações públicas contra Dino, que marca forte oposição a Bolsonaro. Na terça-feira (27), o presidente disse a apoiadores que era preciso "tirar o PCdoB" do Maranhão. "Nós vamos, num curto espaço de tempo, mandar embora o comunismo do Brasil. Nós não aceitamos esse regime ditatorial onde o povo não tem vez. Nós somos a liberdade, nós somos aqueles que não têm medo da verdade", declarou. O presidente agradeceu pela recepção que recebeu dos maranhenses em sua visita ao Estado e disse que construirá um "novo Brasil" com o povo. "Temos uma preocupação enorme contra aqueles que querem roubar mais do que o nosso dinheiro, querem roubar nossa liberdade. Essa nossa bandeira sagrada jamais será turvada de vermelho", disse.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.