• 27/01/2021 22:20
Saúde

“Fomos além daquilo que somos obrigados a fazer”, diz Bolsonaro sobre Manaus

  • 27/01/2021 22:20
  • PorEstadão Conteúdo
    Bolsonaro afirmou que a questão do oxigênio em Manaus está “equalizada”.
    Bolsonaro afirmou que a questão do oxigênio em Manaus está “equalizada”.| Foto: Reprodução/Youtube

    Pressionado sobre as ações do governo federal para conter a crise de saúde em Manaus, o presidente Jair Bolsonaro disse que o Amazonas não informou a União que haveria falta de oxigênio nos hospitais em razão do avanço do novo coronavírus. Com a falta do insumo, pacientes morreram asfixiados na capital e também em municípios do interior. "Nós demos dinheiro, recursos e meios. Não fomos oficiados por ninguém do Estado na questão do oxigênio", disse, ao chegar ao Palácio da Alvorada.

    Segundo ele, foi a White Martins, principal fornecedora de oxigênio no Amazonas, que informou o problema na sexta-feira, 8 de janeiro. "E na segunda estava lá o ministro", disse ele, em referência ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

    Ainda sobre a crise de saúde no Amazonas, Bolsonaro disse que o governo federal foi "além daquilo" que seria obrigado a fazer. "Atualmente está equalizada a questão do oxigênio. Agora, lá no Estado, tem que ter gente para prever quando vai faltar uma coisa ou não, para tomar providência. Nós aqui fomos além daquilo que somos obrigados a fazer", afirmou.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.