• 04/03/2020 18:34
Federalização

Caso Marielle: STJ deve julgar possível federalização ainda em março

  • 04/03/2020 18:34
    • Estadão Conteúdo
    Marielle Franco
    Marielle Franco e Anderson Gomes foram assassinados há quase dois anos.| Foto: Renan Olaz/AFP

    Os ministros da Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça devem se reunir ainda em março para decidir sobre a federalização das investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL). A tendência do colegiado é de seguir o pedido da família, e a desistência do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e manter o inquérito com o Ministério Público Estadual do Rio. A discussão deve ocorrer nos dias 25 ou 31. Integrantes do STJ ouvidos acreditam que a tendência do colegiado é manter as investigações com as autoridades do Rio. O pedido para que o caso fosse tirado das autoridades cariocas foi feito pela ex-procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que também denunciou o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Rio, Domingos Brazão, por obstruir as investigações.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.