• 21/01/2021 18:30
Diplomacia

“Índia colocou Brasil na mais alta prioridade”, diz Ernesto Araújo sobre vacinas

  • 21/01/2021 18:30
  • PorEstadão Conteúdo
    O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.
    O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.| Foto: Gustavo Magalhães/MRE

    Após a confirmação de entrega prevista para a sexta-feira (22), das vacinas produzidas na Índia, o ministro Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, afirmou que "a Índia colocou o Brasil na mais alta prioridade". A publicação em sua conta oficial no Twitter foi uma defesa às críticas sobre sua atuação como chanceler nas negociações internacionais sobre a vacina contra a Covid-19.

    Na publicação, ele também agradeceu o presidente da República, Jair Bolsonaro, que mais cedo cumprimentou o chanceler e servidores do Itamaraty pelo trabalho realizado envolvendo as negociações com a Índia para a entrega de 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca. "Muito obrigado, presidente @jairbolsonaro. O governo da Índia colocou o Brasil na mais alta prioridade: somos um dos dois primeiros países a receber vacinas contra Covid compradas na Índia (ontem a Índia fez doação a 2 países)", escreveu Ernesto Araújo. O ministro também agradeceu "em especial" o ministro de Relações Exteriores indiano, Subrahmanyam Jaishankar.

    Na última terça (19), o governo da Índia divulgou um comunicado com a lista de países que receberiam as primeiras doses da vacina produzidas pelo Instituto Serum -  Butão, Ilhas Maldivas, Bangladesh, Nepal, Myanmar e Ilhas Seychelles – sem citar o Brasil.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.