• 20/01/2021 09:35
1.º de fevereiro

PDT vai ao STF contra votação presencial na eleição da Câmara

  • 20/01/2021 09:35
  • PorGazeta do Povo
    Plenário da Câmara dos Deputados aprovou medida provisória que formaliza acesso do Brasil ao consórcio Covax Facility
    Plenário da Câmara dos Deputados| Foto: Divulgação / Câmara dos Deputados

    O PDT entrou com um mandado de segurança ao Supremo Tribunal Federal (STF) na terça-feira (19) contra a votação presencial na eleição na Câmara dos Deputados, que vai definir o sucessor de Rodrigo Maia (DEM-RJ), em votação marcada para 1º de fevereiro. Na ação, a sigla pede uma medida liminar para derrubar a decisão da Mesa Diretora e requer um "sistema híbrido" de votação, que inclua a possibilidade do voto remoto. Ainda de acordo com o partido, a Câmara realizou votações em 2020 a partir de um sistema remoto de votação, com o voto à distância por aplicativo de celular.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.