i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Pandemia

Da quase unanimidade à contestação: Orçamento de Guerra pode empacar no Senado

  • Brasília
  • 08/04/2020 21:16
Recuperado da Covid-19, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, retomou o comando da Casa na terça-feira (7): "Senado vai cumprir o seu papel e votar a emenda do Orçamento de Guerra para dar tranquilidade ao governo".
Recuperado da Covid-19, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, retomou o comando da Casa na terça-feira (7): “Senado vai cumprir o seu papel e votar a emenda do Orçamento de Guerra para dar tranquilidade ao governo”.| Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

A proposta de emenda à Constituição (PEC) que cria o Orçamento de Guerra foi aprovada pela Câmara dos Deputados na última sexta-feira (3) em um ambiente de raro consenso no Congresso Nacional. A sessão ocorreu em um dia da semana em que votações são raras, os placares dos dois turnos foram quase unânimes e a maior contestação registrada se deu por conta de um destaque do Novo, que queria na redação do texto a possibilidade de transferência para a saúde dos recursos do fundo eleitoral. Esse contexto indicava que a PEC poderia ter vida fácil em sua tramitação no Senado, ainda mais com o retorno do presidente da casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), aos trabalhos.

Porém, o que se viu desde a aprovação pela Câmara são resistências. A PEC tem sido contestada por senadores de diferentes partidos tanto pelo conteúdo de seu texto quanto pelo mecanismo de votação que tem sido para ela planejado. O chamado "Orçamento de Guerra" separa as despesas de enfrentamento ao novo coronavírus do Orçamento-Geral da União e permite que o governo amplie os gastos públicos durante o estado de calamidade pública contra a pandemia.

Alcolumbre agendou a votação da proposta para a próxima segunda-feira (13). O método será o de votação a distância, como o Senado tem adotado desde a acentuação da pandemia de coronavírus. A transferência da sessão para a próxima semana foi anunciada com a justificativa de que os senadores precisam de mais tempo para analisar o texto. O que se espera, porém, é a chegada de um consenso em torno da proposição.

"Vamos votar a PEC, para dar essa tranquilidade, e eu quero agradecer publicamente a todos os senadores que, uma grande parte contrária à votação de uma emenda constitucional nesse período, também entendeu o papel do Senado Federal nesse momento. E entendendo o papel do Senado Federal nesse momento, aceitaram, por um entendimento amplo, dos parlamentares, que a gente possa sim votar essa emenda constitucional e dar essa tranquilidade para o governo tomar essas decisões necessárias", disse Alcolumbre em entrevista coletiva na terça-feira (7).

Por que Orçamento de Guerra sofre resistências no Senado

A contestação quanto à forma de se votar a PEC apareceu no mesmo dia em que a proposta foi aprovada pelos deputados. A crítica mais contundente veio do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). "Eu sou um entusiasta dessa ideia de votações remotas. No entanto, o que temos visto em alguns casos, e um deles é justamente a tramitação dessa medida, é um verdadeiro atropelo. A Constituição da República não foi feita para ser alterada nos momentos de crise. Ela foi feita para ser justamente o nosso guia em momentos de crise", disse, durante sessão do Senado naquele dia.

O senador afirmou, inclusive, que a relevância do assunto deveria motivar os parlamentares a cogitarem a realização de sessões presenciais, mesmo diante do quadro de pandemia. "Se o colegiado de líderes e as presidências das duas Casas considerarem que é indispensável a apreciação dessa matéria, defendo que se convoque o Congresso para uma sessão presencial. Se médicos, enfermeiros, policiais estão sendo compulsoriamente disponibilizados para suas respectivas missões, quem dirá nós parlamentares. Se há urgência para apreciação dessa PEC, que o risco da sessão presencial seja assumido por nós", declarou.

A preocupação foi reiterada na terça (7) pela senadora Simone Tebet (MDB-MS). "Temos que ter muito cuidado com votação de emendas constitucionais em plenário virtual. Não cabe sanção, não cabe veto do presidente da República, não passa pelas comissões, não temos a oportunidade de amplo debate", apontou, durante a sessão virtual do Senado.

A Gazeta do Povo consultou senadores sobre a votação da PEC do Orçamento de Guerra em ambiente virtual e recebeu respostas distintas. O senador Irajá (PSD-TO) não vê problema na votação a distância, aos moldes do que a casa tem feito com outros projetos de lei. Postura semelhante é a de Fabiano Contarato (Rede-ES): "desde que respeitadas as regras constitucionais e regimentais, como de quórum para votação e de dois turnos, é possível apreciar a matéria, lembrando que estamos em um momento atípico em que está sendo impossível o Parlamento reunir-se fisicamente. Hoje, são necessárias soluções que precisam ser construídas dentro das regras democráticas."

Já Angelo Coronel (PSD-BA) se mostrou contrário à realização da votação. "Eu não vejo nenhuma pressa, não vejo nenhuma viabilidade nessa PEC, acho que virou uma PEC inócua. Então se depender de mim, ela não irá a plenário para ser deliberada principalmente nessas votações remotas, por ser uma PEC que mereceria ter um prazo de estudo, um prazo realmente de uma análise bem mais apurada, para que não haja erro, e esse erro vire problema para o futuro", ressaltou.

Depois, o conteúdo

Coronel é da opinião de que o decreto de calamidade pública em vigor no país dá ao governo federal mecanismos suficientes para o enfrentamento da crise, que dispensariam uma alteração constitucional.

Outros senadores apontam o temor de que a PEC do Orçamento de Guerra transfira ao governo poderes excessivos, uma espécie de "cheque em branco" para a realização de gastos sem controle. "A PEC, a nosso ver, apresenta alguns equívocos. [A medida] trouxe preocupação e trouxe a reivindicação de que houvesse maior cuidado para a apreciação. A liderança do governo deseja votação imediata, mas há restrições da parte de vários senadores", disse o senador Alvaro Dias (Podemos-PR) à Agência Senado.

Já o senador Weverton Rocha (PDT-MA) apresentou uma crítica que foi exposta por deputados de oposição quando a PEC foi debatida na Câmara. "Entendemos que a PEC prioriza muito o setor financeiro. Enquanto a rubrica [orçamentária] que trata do pagamento da dívida continua intacta, a educação e a saúde continuam vulneráveis", afirmou, também à Agência Senado.

Um dos pontos de maior contestação por parte dos representantes da esquerda é em relação ao trecho do texto que dá ao Banco Central a possibilidade da compra de títulos de empresas privadas. A medida é idealizada como uma ação para garantir a injeção de recursos na economia, mas seus críticos veem nela algo que pode privilegiar algumas empresas em especial.

Como está a incidência do coronavírus no Brasil

20 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 20 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • W

    Willian Cardoso de Souza Jesus

    ± 2 horas

    A questão aí é bem simples. Congresso utilizando a PEC do orçamento de guerra como MOEDA DE BARGANHA com o governo federal, para conseguirem as chamadas "boquinhas", como a disponibilização de verbas e/ou cargos em troca da aprovação. Sabem que o governo federal depende dessa aprovação para ter mais flexibilidade de investimentos no combate ao vírus chinês. São provas e mais provas de como essa CORJA que insiste em permanecer na nossa política se preocupa EXCLUSIVAMENTE COM SEUS INTERESSES. Quer mais que nós cidadãos comuns nos f...por essas e outras q eu digo que quem idolatra político ou é ALIENADO ou está se beneficiando EXCUSAMENTE daquilo que o político faz. Não são conservadores.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • W

      Willy Rossi Dierkes

      ± 4 horas

      Não dá para pegar um ou dois Senadores e difundir como opião geral. Há tempos esse repórter deixa a desejar em assertividade.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • W

        Willy Rossi Dierkes

        ± 4 horas

        Ratifico opinião.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

    • J

      JOSMAR PORTUGAL VAZ

      ± 5 horas

      Quadrilha poderosa este congresso brasileiro . Tem que colocar estes bandidos em quarentena num presídio de segurança máxima .

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • S

        Salo

        ± 5 horas

        Sempre os mesmos. Nos tempos dos roubos, propinas, ideologias e gastos com as esquerdas, inclusive desvios para outros países alinhados, estavam calados. Agora é agir contra o povo pois não estáo mais aquinhoados.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • A

          APJr

          ± 5 horas

          Demora nada e a imprensa vai começar a acusar o presidente dizendo que a PEC não foi aprovada porque faltou "empenho e articulação" por parte do governo. Bando de ********** ...

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • F

            FRANCIELY

            ± 6 horas

            Como sempre o congresso empatando nossas vidas!!

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • C

              Curitibano

              ± 6 horas

              Na para não largar os infames fundos partidário e eleitoral os senadores agiram rápido! Corja de parasitas!

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • Z

                Zyss

                ± 6 horas

                180 bilhões, é esse o número que esses lixos querem.... Acorda gazetinha!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • M

                  MARCOS SK

                  ± 6 horas

                  Porque não colocar em todos infográficos os números de casos recuperados? Ao menos assim amenizaria um pouco tanta notícia ruim!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • S

                    SIMONE H

                    ± 8 horas

                    Curioso é que no Estado de São Paulo é onde tem , estourado , muito mais casos de covid19 e mortes também!!!

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • M

                      MORALES

                      ± 8 horas

                      O medo é o seguinte: se esse projeto for aprovado, a verba do fundo eleitoral poderá ser bloqueada e destinada para combater a pandemia sem consulta às quadrilhas instaladas no legislativo. Dá pra entender né. Simples assim.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • J

                        joão José Augusto Mendes

                        ± 9 horas

                        Destinem o Fundo Eleitoral que já ajudaria muito. Se fosse para votar aumentos de seus salários votariam tranquilamente a distância.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • N

                          Nilson Macan

                          ± 9 horas

                          Parece que vivemos somente para votar e perpetuar esses degenerados egoistas no poder. Isso tem que acabar.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • F

                            Felício Turrão

                            ± 10 horas

                            Parece é que o bloqueio do fundo partidário doeu mais na alma desses degenerados do congresso que o desejo de combater essa situação de crise contra o COVID-19.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • F

                              Felício Turrão

                              ± 10 horas

                              Agora veremos que são os ratos que defendem o vírus e quem defende o combate ao vírus! Está cada vez mais claro quem são os cretinos que arriscam a sociedade pela ideologia...

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • M

                                MAURICIO VITOR LEONE DE SOUZA

                                ± 16 horas

                                Parece que a Gazeta sofreu uma grave recaída. Lamentável. E fim de assinatura. Cansei....

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                1 Respostas
                                • F

                                  Fernando Antonio Remisio Figuinha

                                  ± 8 horas

                                  A verdade dói para quem está acostumado às mentiras. Volta para a Folha SP que você não vai se cansar! Nada contra, democracia é para isso mesmo.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                              Fim dos comentários.