i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rodrigo Constantino

Foto de perfil de Rodrigo Constantino
Ver perfil

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Até quando o Senado fará vista grossa para as insanidades do STF?

  • PorCarlos Junior
  • 25/08/2020 10:36
Até quando o Senado fará vista grossa para as insanidades do STF?
| Foto:

Por Carlos Junior, publicado pelo Instituto Liberal

Brasileiro já nasce com uma sina muito bem definida: sofrer além da conta. Como se já não bastassem as vidas perdidas na pandemia e o desastre socioeconômico provocado pelo isolamento horizontal, vivemos em um momento político dos mais conturbados e inquietantes dos últimos tempos. Os que ainda conseguem fingir para não admitir que a nossa democracia já foi para o saco faz algum tempo são especialistas na maior especialidade nacional – o fingimento com traços de malícia.

Os que, como eu, não conseguem e falam a verdade nua e crua são perseguidos incansavelmente. A união de forças do establishment brasileiro não aceitou a vitória de Jair Bolsonaro na eleição de 2018 – e não admite a hipótese de um conservador furar a bolha esquerdista em que vivem e obrigaram o povo a nela viver. Dominando o Poder Legislativo e o Poder Judiciário, os inimigos da pauta vitoriosa buscam subtrair poderes, funções e atribuições do presidente da República, além de perseguir incansavelmente os seus apoiadores.

Rodrigo Maia é sensacional. Ao invés de silenciar e trabalhar pelos projetos de interesse da população, vai à mídia alfinetar Bolsonaro e seus apoiadores sem necessidade alguma. Se popularidade não é com ele, ao menos vale a aceitação entre o beautiful people e a imprensa marrom. Tanto ele quanto os líderes do “Centrão” são especialistas nisso. Para sabotar o primeiro governo conservador em décadas – talvez o único em nossa história –, vale tudo.

Porém, em matéria de obstrução ao clamor das ruas, o Supremo Tribunal Federal é imbatível. A prisão após condenação em segunda instância é apenas um dos milhares de exemplos. Eu poderia comentar decisão por decisão e apontar as intenções de sempre, porém é mais proveitoso expor as declarações completamente parciais dos togados semideuses. Com vocês, os ministros do STF:

‘’É preciso dizer isso de maneira muito clara: o Exército está se associando a esse genocídio, não é razoável’’, Gilmar Mendes.

“Num momento em que se recomendava o isolamento social, a política pública de convocação das pessoas ao trabalho e às ruas poderia produzir um genocídio, sobretudo nas comunidades pobres. E, portanto, em nome do direito à vida, e do direito à saúde, o Supremo impediu a difusão dessa campanha”, Luís Roberto Barroso.

‘’Acho muito difícil superar [a pandemia] com esse descompasso, com esse desgoverno’’, Cármen Lúcia.

“A intervenção militar nada mais significa, na novilíngua bolsonarista, senão a instauração, no Brasil, de uma desprezível e abjeta ditadura militar”, Celso de Mello.

Isso são apenas as declarações de cunho político e parcial contra o presidente Bolsonaro e seus apoiadores. Quem não lembra a cena vergonhosa após a eleição, na qual os ministros da corte entregaram cópias da Constituição ao presidente eleito? A mais alta instância do Poder Judiciário, que deveria prezar pela imparcialidade e aplicação estrita da lei, é composta por membros que fazem lembrar o DCE de qualquer universidade brasileira.

Agora temos o inquérito do fim do mundo. Conservadores estão sendo perseguidos, censurados, presos e expostos à execração pública. O ministro Alexandre de Moraes não conhece limite algum para as suas ações – literalmente. Mandou o Facebook e o Twitter bloquearem globalmente as contas dos alvos do inquérito absurdamente ilegal. Nem mesmo as duas empresas – notoriamente esquerdistas – concordaram com a decisão. A escalada autoritária dos togados não conhece limites nem mesmo da Constituição que eles juram defender.

A pior ditadura é a do Poder Judiciário, pois contra ela não há a quem recorrer. O grande liberal Rui Barbosa parecia prever o ponto em que chegamos; mas sim, temos a quem recorrer dentro da lei. O Senado Federal é quem pode abrir um processo de impeachment contra algum integrante do Supremo ou abrir uma CPI como a da Lava Toga. Constitucionalmente, o caminho é no Senado.

O presidente do Senado é Davi Alcolumbre (DEM-AP). Ao invés de perdermos nosso precioso tempo em lançar nossa indignação contra o STF, a pressão deve ser feita em Alcolumbre e no Senado. Eles têm o poder de nos tirar dessa enrascada política e institucional. Antes que algum engraçadinho saia dizendo que estou defendendo golpe ou algum ato antidemocrático, o Art. 1, § 1 da Constituição Federal dá razão a este humilde colunista: ‘’todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição’’.

O sr. Alcolumbre e seus colegas senadores precisam sair do campo das palavras para o das ações. Já que eles gostam de falar em nome da democracia e das liberdades constitucionais, eis a melhor oportunidade possível. Sem liberdade de expressão não há democracia. Quem fala em seu nome e não atenta para as arbitrariedades cometidas contra uma determinada corrente política é um analfabeto político, um palpiteiro da pior espécie.

Eu estou aqui e não vou me calar. O establishment não irá parar a força de um país que deseja novos tempos e uma nova ordem das coisas. De nada vão adiantar as presentes tentativas. Se o Senado Federal assumir a sua responsabilidade e colocar ordem na casa, teremos ordem e respeito à lei. A bola está com ele. E com Davi Alcolumbre também.

Referências:

1.https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/07/11/gilmar-mendes-exercito-esta-se-associando-a-genocidio-na-pandemia.htm

2.https://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2020-07-27/barroso-diz-que-supremo-impediu-genocidio-ao-vetar-medidas-do-governo-federal.html

3.https://brpolitico.com.br/noticias/carmen-lucia-ve-desgoverno-no-combate-a-pandemia/

4.https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/06/01/celso-de-mello-ve-semelhanca-entre-brasil-atual-e-alemanha-nazista-e-diz-que-apoiadores-de-bolsonaro-odeiam-democracia.ghtml

5.https://www.jusbrasil.com.br/topicos/10731780/paragrafo-1-artigo-1-da-constituicao-federal-de-1988

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 8 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • E

    Eden Lopes Feldman

    ± 12 horas

    Alcolumbre é um político demagogo como outros e nada será feito sobre os membros do STF. Que continuarão em sua cruzada judiciária contra o liberalismo . Só resolveremos isto nas próximas eleições elegendo novos senadores compromissados com a democracia. Excelente texto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • A

      Adenilson

      ± 15 horas

      O conluio é claramente para livrar a si mesmos de processos e condenações! Um defende o outro apelando pra tudo, até mesmo rasgar a Constituição Federal! Infelizmente, o medo de ser tachado de ditador e fascista inibiu o único recurso que o Executivo tinha! A solução seria o voto, mas depois de ver a campanha de "voluntários" para mesários com o Dráusio Varella, garoto propaganda do TSE (STF), brotou uma angústia no coração!!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • A

        Arys

        ± 19 horas

        Além de nós falarmos, temos que agir manifestando diretamente a nossa insatisfação aos senadores, e lembrando a todos os eleitores, a todo momento, quem está contra nós. E, também, elogiar os que honram seu mandato. Em MG temos dois Judas - Anastasia e Pacheco, e parabéns ao senador Carlos Viana, que tem honrado nossos votos.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • A

          André

          ± 1 dias

          O fato é que o Senado é desqualificado. Veja-se, eles votaram a favor do aumento dos salários dos servidores públicos, demonstrando irresponsabilidade com o orçamento e descumprimento um acordo com o governo que os salários dos servidores deveriam ficar congelado até o final do ano. Era o sacrifício dos funcionários públicos nessa “pandemia”. O que esperar desse senado?

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • A

            Alex

            ± 2 dias

            Bom artigo.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • T

              Thiago Piedade

              ± 2 dias

              Esse senado, incluindo o grupo "muda senado" (sabemos bem), só estão querendo uma coisa: perpetuação do status quo, com a blindagem recíproca existente entre a Casa e o STF. O alvo eleito por tais, recentemente, era Guedes, por palavras duras. Por sorte, destempero, método, ou tudo junto, vai saber, Bolsonaro subiu bem mais o tom com algum paspalho, decerto, da rede esgoto e esse entrevero com o Min. da Economia ficou em segundo plano.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • J

                Joxi

                ± 2 dias

                Ninguém cala mais ninguém, e como você sempre diz, as máscaras estão caindo. A reação (política) praticamente "em coro" do STF é surpreendente pela "transparência" com que está sendo feita... mas até que isso é bom, pois mostra quem é quem nesse jogo, que até há bem pouco tempo era jogado nos bastidores e hoje conseguimos ver um pouco mais, graças à "ditadura" implantada pelo novo governo. Já o senado, e seu silêncio absoluto ensurdecedor, ainda não se sabe como vai ficar face ao agrupamento político que parece estar acontecendo na Câmara ... Acorda Senado!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • L

                  Longa Manus

                  ± 2 dias

                  Muito bom Consta! É uma covardia o que fazem com o presidente Bolsonaro!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  Fim dos comentários.