Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Biden: cara de tucano, alma de petista
| Foto:

"Depois de uma noite de reflexão, posso dizer com segurança que foi o pior discurso a uma sessão conjunta do Congresso que já vi". Assim Ben Shapiro resumiu a fala do presidente Joe Biden nesta quinta, quando foi ao Congresso pedir aprovação para torrar trilhões de dólares dos pagadores de impostos.

O presidente americano disse que os Estados Unidos estão "transformando uma crise em possibilidade". Biden está usando seu discurso transmitido pela televisão nacional para promover um pacote de gastos de US$ 1,8 trilhão. Ele diz que vai transformar e expandir fundamentalmente o papel do governo na vida dos americanos comuns.

Partes do plano já foram criticadas por conservadores, liberais e até mesmo por alguns membros da liderança democrata. Conservadores argumentam que os aumentos de impostos propostos por Biden são prejudiciais ao crescimento econômico e são punitivos.

"Estão sendo vendidos como pacotes econômicos, mas não são. Eles são fundamentalmente tentativas de reestruturar a escala e o escopo do papel do governo na sociedade americana", disse Doug Holtz-Eakin, ex-conselheiro econômico de George W. Bush e John McCain. "Os republicanos não vão apoiar isso", completa.

Biden completa cem dias de hiperatividade, com quase $10 trilhões de gastos propostos, uso abusivo de ordens executivas sem precedentes, desejo de empacotar a Suprema Corte para diluir a maioria conservadora, política desarmamentista com analogia à epidemia (a esquerda gostou do poder que epidemias fornecem aos governantes, podendo ignorar Constituição e Congresso) etc. E como nossa mídia descreve tanto radicalismo?

Reformista uma ova! É um radical, pior até do que Obama. Foi senador apagado por meio século, mas hoje mais parece um fantoche nas mãos dos radicais que tomaram conta do Partido Democrata.

Até o Guga Chacra teve de reconhecer que Biden é mais radical do que Obama, lembrando que progressista é eufemismo para esquerdista. Ele elogiou tanto a suposta moderação do homem... é nisso que dá se "informar"apenas por CNN, NYT e Washington Post. Só não ficou claro se Guga condena esse radicalismo todo...

Nikki Haley, ex-embaixadora americana na ONU, que tem denunciado o avanço socialista no país, concluiu: "O presidente Biden diz que quer o bipartidarismo, mas passou mais de uma hora promovendo políticas radicais que prejudicarão nossa economia, aumentarão o controle do governo e causarão mais divisão. Que oportunidade perdida".

Enfim, Biden tem cara de tucano, mas alma de PT. Alimenta uma aparência de moderado, de ícone do establishment, mas carrega junto os revolucionários que vêm conquistando cada vez mais espaço em seu partido. Serviu para mascarar o Bernie Sanders, que é a essência do partido hoje.

E lembre-se, amiguinho: ele é o presidente MAIS POPULAR DA HISTÓRIA AMERICANA, segundo a quantidade de votos que recebeu (por correio). Biden é pop! Só não consegue animar ninguém fora das redações de jornais e dos sindicatos com seus discursos...

Que furada que os Estados Unidos se meteram! Tudo por ódio a Trump e uma campanha difamatória nefasta da própria mídia. Mas o homem laranja vai deixar saudades. E resta acompanhar para ver se as instituições republicanas resistirão aos esforços estatizantes do atual governo. É questão de sobrevivência mesmo. Se a agenda esquerdista vingar, a América será cada vez mais parecida com a América Latina, onde a esquerda nada de braçada...

6 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]