Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Movimento de veículos deve ser intenso nas saídas de Curitiba nesta sexta-feira e sábado | Giuliano Gomes/Gazeta do Povo
Movimento de veículos deve ser intenso nas saídas de Curitiba nesta sexta-feira e sábado| Foto: Giuliano Gomes/Gazeta do Povo

Fim de semana e feriado serão de sol no Paraná

O fim de semana e o feriado de Proclamação da República (15 de novembro) – serão de sol entre nuvens em todas as regiões do Paraná. Deve chover somente entre terça-feira (16) e quarta-feira (17) por causa da chegada de uma nova frente fria, de acordo com o Instituto Tecnológico Simepar.

As temperaturas mínimas devem ficar em torno dos 10ºC na região de Curitiba, Ponta Grossa, nos Campos Gerais, e em Guarapuava, no Centro-Sul do estado, entre sexta-feira (12) e terça-feira. Nas demais regiões deve variar entre 13ºC e 19ºC.

Leia matéria completa.

Rodoviária

A Urbanização de Curitiba (Urbs) estima que 36 mil pessoas deixem Curitiba de ônibus para aproveitar o feriado prolongado. O maior movimento será na sexta-feira, quando 600 ônibus devem deixar o terminal rodoviário da capital levando 21.500 passageiros. No sábado, serão 500 ônibus partindo de Curitiba com 15.000 passageiros. Normalmente, 400 ônibus com 9 mil passageiros deixam a cidade nos fins de semana.

Entre os principais destinos estão o interior Paraná (35% do movimento), litoral do Paraná (25%), Santa Catarina, principalmente litoral (20%) e São Paulo capital e cidades próximas (12% a 15%). Outros destinos procurados são o Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

Operação PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) alerta os motoristas que vão pegar estrada no feriado durante a noite para redobrarem a atenção neste período. Houve um aumento no número de mortes que ocorrem entre a meia-noite e às 2 horas. A PRF alerta os motoristas para cuidarem com as viagens nesse horário, onde a baixa visibilidade e o cansaço têm causado mais acidentes graves. A partir da zero hora de sexta-feira (12) até a meia-noite de segunda-feira (15), a PRF vai realizar a Operação Proclamação da República.

A PRF também lembra que haverá restrição para o trânsito de veículos pesados e com excesso de altura, largura, peso ou comprimento, nos trechos de pista simples entre as 6 horas e o meio-dia de sábado e na também segunda-feira (15) das 16 às 22 horas.

Twitter e telefones

A PRF vai manter as informações sobre as rodovias atualizadas de hora em hora na sua página do Twitter (@PRF191PR). A concessionária Ecovia também utiliza o serviço e vai manter os usuários da estrada informados sobre as condições de trânsito e eventuais acidentes no seu Twitter (@ecovia).

As concessionárias e a PRF também disponibilizam telefones para que os usuários comuniquem acidentes ou solicitem socorro. Ecovia: 0800-410-277. RodoNorte: 0800-42-1500. Autopista Litoral Sul: 0800-725-1771. Autopista Planalto Sul: 0800 642 0116. Autopista Régis Bittencourt: 0800-7090-116. PRF: 191.

  • Veja o que estará funcionando nos três dias do feriado prolongado

As estradas que ligam Curitiba ao Litoral, interior do Paraná, São Paulo e Santa Catarina, devem ter movimento intenso durante o feriado prolongado de 15 de novembro, dia da Proclamação da República. Pelo menos 72,2 mil veículos devem passar pelas rodovias que cortam o estado nesta sexta-feira (12) e sábado (13). A Ecovia, concessionária que adminsitra o trecho da BR-277 entre a capital e Paranaguá, estima que 33,3 veículos deixem Curitiba em direção ao Litoral entre sexta-feira (12) e sábado (13). Nas estradas para o interior, a concessionária RodoNorte prevê um fluxo de 38.964 saindo de Curitiba nos dois dias.

Praias paranaenses

Segundo a Ecovia, a maior movimentação na BR-277 deve ocorrer entre 19 e 21 horas desta sexta-feira. Neste período são esperados picos de até 1.200 veículos por hora no sentido Paranaguá, o dobro de um dia normal de tráfego. A concessionária estima que 17 mil deixem Curitiba rumo ao Litoral na sexta-feira.

Já no sábado, a movimentação será maior entre 9 e 12 horas. São previstos picos superiores a 1.200 veículos por hora. Cerca de 16,3 mil devem descer a Serra do Mar nesse dia.

A concessionária vai suspender as obras de pavimentação ao longo das estradas que dão acesso ao Litoral do Paraná neste fim de semana para facilitar o tráfego. Apenas no km 74, entre Curitiba e São José dos Pinhais, na Região Metropolitana, haverá intervenções. O tráfego ficará meia pista nos horários de menos movimento por causa das obras de alargamento.

A Ecovia recomenda que os motoristas redobrem a atenção nesse trecho e obedeçam à sinalização extra que está no local.

No retorno do feriado, no domingo (14) e segunda-feira (15), são aguardados mais de 33,8 mil veículos trafegando no sentido Curitiba. Picos acima de 1,8 mil carros por hora devem ser registrados entre 18 e 22 horas - número quase quatro vezes maior que em dias normais.

A Ecovia lembra que não haverá a operação Mão Única na PR-407 neste feriado. A sugestão é que os motoristas que vão deixar os balneários de Pontal do Paraná na segunda-feira viajem antes das 15h ou após as 20h.

Santa Catarina

A Autopista Planalto Sul, concessionária que administra o trecho da BR-116 entre Curitiba (PR) e a divisa dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, não informou a expectativa de fluxo, mas o movimento deve se intensificar a partir das 12 horas de sexta-feira (11). Para a volta, o movimento deve ser intenso entre as 12 horas de segunda-feira (15) e às 12 horas de terça-feira (16). A concessionária recomenda atenção no km 167, no Paraná, e km 53,6, em Santa Catarina, onde são realizadas obras de alargamento de pontes.

Já a Autopista Litoral Sul, responsável pelas rodovias BR-376 e BR-101 que ligam Curitiba ao litoral catarinense, não divulgou quantos veículos são esperados para o feriado prolongado nem os horários de maior movimento.

Interior do Paraná

A RodoNorte, que administra a PR-151 e BRs 376 e 277, espera, nesta sexta-feira (12), um movimento de 18.609 veículos passando pelo pedágio de São Luiz do Purunã. No sentido capital, o movimento deve ser de 13.660 carros durante todo o dia. O movimento total desta sexta representa um movimento aproximadamente 34% acima do normal.

No sábado, a estimativa é que 20.355 veículos deixem Curitiba rumo ao interior, enquanto 8.885 realizam o caminho contrário. O movimento é 55% superior ao registrado em um dia comum.

O pico de movimento na sexta-feira deve ocorrer entre 16 e 22 horas, quando mais de 2 mil veículos por hora vão trafegar nos dois sentidos. No sábado, a projeção de fluxo acima de mil veículos por hora entre 7 e 13 horas.

No retorno do feriado, na segunda-feira (15), são esperados 20.954 veículos no sentido Curitiba e 14.185 rumo ao interior. O maior movimento deve ocorrer entre 15 e 21 horas. Mais de três mil veículos devem passar pela rodovia por hora entre 19 e 20 horas.

São Paulo

A Autopista Régis Bittencourt, concessionária que administra a BR-116 de Curitiba a São Paulo, prevê um aumento de 25% do volume diário médio de tráfego em relação aos dias normais. Os picos de movimento devem ocorrer das 18 às 22 horas de sexta-feira e das 6 às 14 horas no sábado. Na volta, segunda-feira, o fluxo deverá ser intenso na rodovia das 14 às 23 horas.

A concessionária vai realizar, em conjunto com a PRF, uma operação especial na Serra do Cafezal - trecho entre o km 336 e o km 368, entre os municípios de Juquitiba e Miracatu. O objetivo é aumentar a capacidade de volume de tráfego por hora no trecho de pista simples, por meio da liberação do acostamento e da montagem de faixas reversíveis.

Em outros dois trechos, há desvio de tráfego. No km 508, em Cajati, na pista sentido Curitiba, o tráfego segue em mão única por um desvio de 500 metros, por causa de obras de recuperação de um viaduto. Já no km 331, em Juquitiba, no sentido São Paulo, obras para o conserto de um afundamento de pista deixam o trânsito em uma faixa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]