i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Foz do Iguaçu

Acidez alterada tira laticínio do programa do leite

  • PorDenise Paro
  • 15/11/2007 20:07

Foz do Iguaçu – O governo do Paraná cancelou na última terça-feira, por tempo indeterminado, a compra de leite de um laticínio de Toledo, Oeste do estado, que fornecia o produto para o programa Leite das Crianças. A medida foi tomada com base em um laudo emitido pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) que apontou existência de acidez alterada no produto. Conforme o exame, não havia resíduos tóxicos ou contaminação microbiológica no leite.

Em nota emitida ontem, o governo informou que ainda não sabe se voltará a adquirir o leite do laticínio, cujo nome não foi revelado. Essa decisão depende do parecer do Ministério da Agricultura, que fará uma inspeção na empresa.

Conforme relato de consumidores repassados à Vigilância Sanitária de Toledo, o leite estaria com cheiro de água sanitária e teria provocado um estado febril em algumas crianças. A Vigilância chegou a enviar amostras do produto para o Lacen fazer as análises. O laticínio fornecedor não teria seguido padrões de qualidade no ato de pasteurização do produto, repassado para pelo menos metade das famílias de Toledo cadastradas no programa.

O fornecimento do leite para os beneficiados continua normal e está sendo reposto por um dos cinco laticínios que fornecem o produto para o programa em Toledo.

A secretária-executiva do Programa Leite das Crianças, Izabel Cristina Rolin, diz que o leite fornecido para o programa é submetido a duas análises de rotina, uma feita pela Associação Paranaense dos Criadores da Raça Bovina-Holandesa (APCBRH), junto ao produtor, e outra realizada pelo Lacen, nos laticínios. O procedimento é de rotina. Segundo ela, não é comum o leite fornecido apresentar problema.

Atualmente há 92 laticínios cadastrados no Paraná, dos quais 64 estão fornecendo leite ao programa. No entanto, o governo fará um recadastramento a partir da próxima semana e oportunizará que novas empresas passem a fornecer o produto. Em setembro, o programa forneceu leite para 175 mil crianças de 6 meses a 3 anos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.